Na tarde desta sexta-feira (26), a desempregada Silvani Correa fez um forte desabafo durante uma entrevista cedida ao programa 'Fofocalizando', do SBT, e a história relatada por ela comoveu milhares de pessoas ao redor do Brasil.

Ela, que é a 'tia querida' da grande vencedora do Big Brother Brasil 2017, Emilly Araújo de 20 anos, relatou que vem passando por sérias dificuldades financeiras e que, por diversas vezes, chegou até mesmo a ficar sem mantimentos em sua despensa e passar fome. Moradora da pequena cidade de Eldorado do Sul, localizada no interior do Rio Grande do Sul, próxima a Porto Alegre, a tia da ex-BBB era sua vizinha quando a mesma residia com a família na cidade gaúcha.

Publicidade
Publicidade

Silvani, que trabalhava como diarista em diversas casas e já chegou a ter sua carteira de trabalho assinada como faxineira, devido à crise econômica enfrentada pelo país, não tem conseguido trabalho fixo e vem passando uma série de dificuldades para criar e sustentar sua família. A tia de Emilly revelou que, da última vez em que a sobrinha esteve na cidade juntamente com a irmã gêmea, a também ex-BBB, Mayla Araújo e o pai, Volnei, eles a encontraram e a contrataram para que realizasse uma faxina geral na casa onde residiam antes de se mudarem oficialmente para o sudeste do país, mais precisamente no Rio de Janeiro.

Ciente da triste situação em que a tia se encontra, Emilly chegou a propor que ela fosse morar na capital carioca e trabalhasse como empregada para a família em seu apartamento de luxo recém alugado, em um condomínio de alto padrão na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Publicidade

A tia, que ouviu prontamente a proposta de ajuda e trabalho feita pela sobrinha milionária, afirmou que foi obrigada a recusá-la, pois o convite era para que ela se mudasse sozinha para o Rio de Janeiro e que deixasse seus filhos, todos menores de idade, em Eldorado do Sul. Muito apegada às crianças, ela, que é mãe solteira e atualmente cria sozinha os filhos com uma pequena ajuda recebida do governo federal e por pessoas próximas que se solidarizam com a condição em que ela está vivendo, rejeitou a oferta de emprego sugerida e oferecida por Emilly.

Embora esteja passando por um momento financeiro bastante crítico, a gaúcha Silvani, que declarou sentir um enorme carinho pelas sobrinhas gêmeas, se recusa a pedir dinheiro à famosa e, durante a entrevista, chegou a afirmar: ''Não é do meu feitio pedir ajuda para parente''. #Emilly BBB17