É impressionante como a vida de #Emilly ainda chama a atenção de tanta gente. A ex-BBB17, que gosta de uma polêmica, acaba sendo a pessoa do ame-a ou odeie-a. Então, tudo que envolve o nome da gata vira polêmica e notícia. Neste final de semana, por exemplo, a ex-sister gravou um vídeo indignada com uma companhia aérea que não permitiu que ela trocasse de poltrona dentro do avião. Ela queria passar para uma cadeira com mais espaço, já que a sua não reclinava, e seu pedido foi negado. Em nota, a companhia disse que quem quiser adquirir mais espaço pode comprar nos canais de venda disponíveis e inclusive no check-in, mas jamais dentro da aeronave.

Publicidade
Publicidade

O vídeo foi apenas uma das várias polêmicas que a gaúcha candidata a atriz se envolveu. Outra muito famosa foi aquela que envolveu seu ex-namorado, Marcos Harter, que inclusive acabou excluindo o médico do BBB17 e virando caso de polícia.

Desta feita, um fato que chamou muito a atenção do público foi a divulgação do valor do #Aluguel que a gata está pagando no Rio de Janeiro, além da equipe de assessoria que ela escolheu para gerenciar sua carreira. Primeiro, sobre o aluguel, segundo o jornal EXTRA, ela está 'torrando' seu R$1,5 milhão muito rápido. Só de aluguel são nada menos que R$11 mil por mês. Ela está morando em um luxuoso flat num hotel na Barra da Tijuca, com vista para o mar. Estão morando ela, sua irmã gêmea Mayla e seu pai, Volnei, que inclusive largou o emprego para auxiliar as filhas em suas carreiras na Cidade Maravilhosa.

Publicidade

Com relação a trabalho, muitas coisas já foram especuladas, mas certo mesmo, nada. Elas fizeram até então uma propaganda de uma aplicativo de táxi, concorrente do UBER. Presença vip elas praticamente não tem feito, além de recusarem trabalhos que pagam pouco. Mas convites para festas e o popular jabá tem acontecido. Mas sem cachê. Só base da troca de favores. Por exemplo, ainda segundo o EXTRA, alguma postagens publicitárias, os populares publiposts, no Instagram das moças, são baseados na troca e não no pagamento em dinheiro. Elas divulgam roupas e acessórios e ganham artigos da marca divulgada.

E para tentar mudar essa falta de trabalho, Emilly fechou contrato com a assessoria de imprensa que cuida também da carreira de um dos maiores comediantes da atualidade, Paulo Gustavo ( “Minha mãe é uma peça”, filme top10 de bilheteria no país).

Na contramão, gêmeos e Vivian faturam mais

Já os gêmeos Manoel e Antônio tem faturado bem com presenças vip. Os dois cobram em média R$5 mil para participarem juntos de eventos. Já Vivian cobra entre R$5 mil a R$10 mil por cada evento que participa. A gata está com agenda lotada até o fim do ano. #Paulo Gustavo