Um dos maiores empresários do país, D'Stefany Vaquero Lima, de 32 anos, acabou falecendo de forma trágica no estado do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia, Vaquero foi assassinado com quatro tiros. As circunstâncias do crime ainda são investigadas. A situação aconteceu nesta quarta-feira (24) na cidade de Mangaratiba, na Região Metropolitana. O empresário, que ficou conhecido por gerir a carreira do cantor #Cristiano Araújo, estava andando ensanguentado pelas ruas e foi achado cheio de balas pelos policiais. Os agentes contaram, como mostra uma reportagem do jornal Extra, que ainda chegaram a levar o homem para um hospital da região. A situação ainda é investigada.

Publicidade
Publicidade

Empresário falava coisas sem sentido enquanto era visto cheio de sangue por rodovia

O empresário, segundo uma matéria do jornal 'Extra', foi levado para o Hospital Municipal Victor de Souza Breves. No local, os médicos até tentaram reanimar o homem, mas não foi possível. Mais conhecido como Didi Latino, o empresário que geria a carreira de diversos nomes sertanejos, estava andando pela Rio-Santos, uma rodovia importante que leva os viajantes do estado do Rio de Janeiro para São Paulo. O homem estava dizendo coisas sem sentido e os policiais não conseguiam entender o que ele falava. Apenas perceberam que o homem não conseguia explicar o que havia acontecido e notaram que ele precisava de ajuda.

Irmão de Cristiano Araújo faz despedida comovente a Didi Latino

Felipe Araújo, que tenta seguir na carreira do irmão, usou o seu perfil oficial no Instagram para se despedir do amigo.

Publicidade

Ele chama Didi de pastor e manda que o todo poderoso o abençoe, esteja onde estiver. Felipe, que está fazendo muita falta. Ele ainda solicitou que o empresário descansasse em paz. Muita gente ficou surpreendida e comovida com a morte precoce. Alguns revelaram que estavam rezando pela família, enquanto outros, enfatizavam o quanto a violência poderia ser cruel. Cristiano Araújo teve também uma morte que gerou forte comoção. O profissional da música faleceu em junho de 2015 em um acidente de carro.

Atual dupla também se despede

Os cantores 'Humberto e Ronaldo', atual dupla gerida por Didi Latino, também usaram as redes sociais para se despedir do homem que geria a carreira deles. O Extra, que divulgou o caso, não deu informações sobre o velório e o enterro do profissional.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante a ajuda no diálogo de temas diversos para a sociedade. #Famosos