O mundo sertanejo está cada vez mais popular no território nacional e diversos nomes tem trilhado um caminho de sucesso. Mas, não é só de felicidades que esse mercado vive. Vez ou outra uma tragédia assola o coração dos fãs.

D’Stefany Vaquero Lima, mais conhecido como Didi Latino, famoso empresário no ramo, foi baleado na última terça-feira (23) e morreu no mesmo dia, por volta das 23h.

A #Morte do empresário foi repentina e um choque na comunidade sertaneja. Ele era ex-produtor e ex-empresário do também falecido cantor #Cristiano Araújo.

Morte de Latino ainda segue sem explicações

A morte de Latino ainda não tem explicações claras.

Publicidade
Publicidade

O moço foi baleado na Rodovia Rio-Santos enquanto dirigia seu carro. De acordo com o delegado Anderson Ribeiro Pinto, policial da delegacia de Mangaratiba, cidade do ocorrido, alguns militares o encontram caminhando feriado pelo acostamento.

O socorro foi feito logo em seguida e os policiais o encaminharam para o Hospital Municipal Victor de Souza Breves, que fica na cidade de Mangaratiba, no estado do Rio de Janeiro.

O empresário conseguiu chegar ainda consciente ao hospital e não sabia o porquê de ter levado os tiros. Ele que passou por uma cirurgia, mas não resistiu e morreu na mesa de operação.

A polícia abriu uma investigação sobre o ocorrido na delegacia de Mangara e está apurando as circunstâncias do crime e tentando descobrir quem foram os autores da tragédia. Até o momento, não existem maiores informações sobre o caso ou a linha de investigação.

Publicidade

Um dos detalhes interessantes seria a motivação do crime, que até o exato momento está sendo investigado pela polícia e continua sendo um grande mistério.

"O empresário não conseguiu explicar o motivo e falava coisas totalmente desconexas", disse a polícia.

Comoção nas redes socais é grande, após a perda do empresário Latino

Em diversas redes sociais, muitos personalidades do mundo #sertanejo prestaram suas homenagens a Latino. O cantor Felipe Araújo, irmão de Cristiano Araújo, desejou que Deus o abençoe e que ele pudesse ter um descanso em paz.

Outros diversos nomes famosos do música de raiz fizeram carreira junto com o produtor, como a dupla Humberto e Ronaldo, Thiago Brava e Matheus, da famosa dupla Matheus e Kauan. Eles o homenagearam com bastante emoção em suas redes sociais.

Nascido em Goiânia, o produtor Didi Latino tinha 33 anos e tinha uma casa em Fortaleza, onde vivia atualmente. O velório do empresário foi feito em sua cidade natal na noite desta quarta-feira( 24). O enterro foi velado nessa quinta-feira (25), no cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia.

A morte do rapaz ainda é um mistério e está sendo investigada pela polícia.