O programa Superpop, comandado por Luciana Gimenez na Rede TV!, trouxe a público um caso polêmico. Cerca de dois meses depois de deixar a banda XCalypso, a cantora #Leya Emmanuelly, de 25 anos, revelou os verdadeiros motivos de passar tão pouco tempo à frente da banda e sua relação com o cantor dono do projeto, #Ximbinha.

Ela passou cerca de 16 meses no grupo, mas decidiu sair e ainda não havia dado uma justificativa pela saída repentina. Depois de ligações gravadas, um contrato que só dava direitos a banda e desentendimentos, até por conta da cantora não usar calcinha numa apresentação na TV, a segunda vocalista que passou na banda (quando substituiu Thábata Mendes, que ficou apenas três meses na função, revelou toda a (sua) verdade.

Publicidade
Publicidade

Difícil relação com Ximbinha

A cantora revelou inicialmente que o convívio com o guitarrista era algo difícil. Para comprovar o caso, a loira mostrou um áudio em que ela discutia com Ximbinha. Leya chegou a morar na casa do ex de Joelma para reduzir seus custos, já que ela vinha de outra localidade. No áudio (gravado sem Ximbinha saber), ela justifica que saiu da casa dele porque não queria saber mais da intimidade dele. Ximbinha então retruca dizendo que ela estava “respondona”.

Na sequência, Ximbinha reclamou de Leya usar vestido sem calcinha no programa de Fábio Porchat, na Record TV. Ele reclama dizendo que se ela não tivesse talento, ele não se importaria com a vestimenta da moça. Mas como ela era uma boa cantora (...), neste momento ele é interrompido e ela diz que não estava nua e nem vulgar.

Publicidade

Então, Ximbinha soltou uma pérola. "Pra mim, tu tava vulgar, uma p*** (sic)", xingou ele.

A polêmica é que, pelo detalhe do vestido, ele teria que ser usado sem calcinha. Leya ainda tentou se defender, mas, no final, ele disse que se era assim, ela deveria então assumir o jeito de “periguete”. A discussão vai mais a fundo e Ximbinha reclamou que ela não está tendo respeito com o patrão.

Leya se defendeu dizendo que está falando daquele jeito porque está também sendo desrespeitada. No fim da gravação, Ximbinha sugere que a cantora vá gravar funk.

Salário e contrato

Para quem acha que a vida de uma cantora que aparece na TV é tranquila, pasme! A gata não tinha salário fixo e recebia apenas R$ 750,00 por cada show realizado. O pior é que com a crise e por conta da banda não ter decolado, chegou a ficar dois meses sem fazer um único show nem apresentação.

Ainda em entrevista ao Superpop, ela afirmou que o contrato que assinou garantia que sua imagem só poderia ser atrelada ao XCalypso. Se a banda quisesse cancelar o contrato, poderia fazer unilateralmente, mas se o fim do contrato viesse pela cantora, ela teria que pagar uma multa milionária. Isso a impedia de fazer qualquer outro trabalho.

Ximbinha, por meio de sua assessoria, não se pronunciou sobre o caso específico. Apenas falou que recebeu com estranheza o fato do rompimento de Leya, a quem chamou de “afinada”.

Veja o vestido da polêmica:

Entrevista de Leya no Superpop

#XCalipso