A #Morte trágica e muito inesperada de #Michael Jackson, um dos maiores nomes da música mundial, em 2009, ficou abalada por uma conjunto de questões que, na altura, ficaram sem respostas. Tal como informa o conhecido jornal “The Sun”, quase oito anos após a tragédia que chocou o mundo, um amigo muito próximo do artista, chamado Michael Jacobshagen, revelou, em uma entrevista recente, que semanas antes da morte do seu amigo, Michael tinha pedido para que ele viajasse para junto dele, garantindo, diversas vezes, que ele iria ser assassinado e que estava morrendo de medo pela sua vida.

Com cinquenta anos de idade, e aparentemente com saúde suficiente para fazer a sua última turnê mundial, Michael Jackson morreu antes desses seus últimos concertos, que aconteceria em vários países.

Publicidade
Publicidade

Sabendo perfeitamente da enorme pressão da qual o seu pai estava sendo alvo por causa dos produtores dessa turnê, que curiosamente são os mesmo de Justin Bieber, os filhos do artista acreditam que o seu pai, ou foi assassinado, ou então morreu por excesso de trabalho, não tendo tempo sequer de descansar um pouco por causa dos ensaios.

A verdade é que, além dos rumores e das informações dadas pelos filhos do cantor, parece se ter cada vez mais certeza que a morte trágica do rei do pop não foi somente um problema de saúde, mas algo que foi provocado ou então teve pessoas que foram altamente responsáveis por esse desfecho. Como garante o site “The Sun”, o seu amigo muito chegado garante que, apesar das constantes mensagens que Michael Jackson deixava, e que falavam sobre a sua morte e como ele estava prevendo essa tragédia, nunca percebeu quem seria os responsáveis por essas ameaças e porque o seu amigo estava com tanto medo dessas pessoas misteriosas.

Nas redes sociais muitos internautas, sobretudo fãs do artista, afirmam constantemente que existe muitas razões para duvidar que o seu ídolo morreu de uma forma natural, pedindo para que outras pessoas que eram próximas do cantor, sobretudo nos meses anteriores à sua morte, contassem também como tinham sido as suas conversas com Michael Jackson e se ele, em alguma altura, contou algum detalhe que pudesse denunciar as pessoas que poderiam ter interesse em ver o cantor morto.

Publicidade

Lembrando que, nos últimos quase oito anos, muitos rumores e teorias da conspiração foram escritas e debatidas sobre a morte misteriosa do cantor, sendo que muitas pessoas, ainda hoje, acreditam que o seu ídolo está vivo.