Mais uma baixa na música essa semana, dessa vez no Brasil. Depois de Chris Cornell, do Soundgarden, quem nos deixou agora foi o multimídia Kid Vinil, conhecido por ter formado o extinto conjunto de rock "Magazine" nos anos 80, compondo sucessos de cunho humorístico como "#Tic Tic Nervoso", "Sou Boy" (esta homenageando a profissão sacrificada de Office Boy que o próprio havia exercido na juventude) e o tema da Novela global "A Gata Comeu - Comeu", de 1985. #Kid Vinil foi o precursor do estilo "Rock-Humor", junto também com outro grupo de sucesso da época "Ultraje a Rigor", com suas letras irreverentes e cômicas. Também foi líder e vocalista dos conjuntos Verminose, Kid Vinil e Os Heróis Do Brasil e Kid Vinil Xperience.

Publicidade
Publicidade

Era dono de uma invejável coleção de discos raros de vinil, partindo daí seu famoso apelido.

O músico foi internado após um show que fizera no dia 15 de abril, em Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais, levado, em seguida, para o Hospital da Luz, em São Paulo. Vale ressaltar que a transferência só foi possível graças a uma coleta de dinheiro entre fãs e amigos.

Kid Vinil, cujo nome de batismo era Antônio Carlos Senefonte, foi uma figura folclórica e muito querida no meio musical. Em uma de suas últimas entrevistas, o paulista do interior, nascido em Cedral, declarou ser um grande fã dos Beatles e elegeu como um de seus discos preferidos o "White Album" do próprio conjunto de Liverpool, o álbum duplo de 1968. Também era fã dos "Faces", antiga banda de Rod Stewart e Ron Wood, atual guitarrista dos Rolling Stones, da banda norte-americana New York Dolls, Sex Pistols e dos Ramones, mas também curtia MPB, sendo fã de Milton Nascimento.

Publicidade

Seus trabalhos na televisão foram no programa Boca Livre e Som Pop, na TV Cultura, nos anos 80 e início dos 90. Foi VJ na MTV brasileira no programa "Lado B", divulgando vídeos de bandas de estilo underground, ou seja, fora dos padrões comerciais.

No ano de 2008, lançou o livro " Almanaque do Rock".

Como radialista, Kid comandou programas nas rádios Rádio Rock 89FM de São Paulo, Rádio Excelsior e na web rádio Brasil 2000.

Conceituado como grande pesquisador da música, há dois anos foi biografado num livro que conta sua trajetória na música, intitulado "Kid Vinil: Um Herói do Brasil", cujos autores são o jornalista Ricardo Gozzi e o produtor musical Duca Belintani.

Nos últimos anos, ainda se apresentava com sua banda oitentista Magazine. #Conjunto Magazine