Assim que deixou a casa mais vigiada do Brasil a ex-BBB #Emilly foi intimada a depor na delegacia sobre as agressões que acabaram culminando na expulsão de Marcos do programa.

Escoltada por seguranças, ovacionada por fãs e acompanhada pela imprensa, a campeã do reality chegou à delegacia. Acontece que essa declaração dada por ela havia ficado sobre sigilo até agora mas, na noite de ontem (2), foi vazado na internet, um documento que seria o depoimento da gaúcha.

O suposto depoimento prestado, por Emilly, na delegacia diz o seguinte:

"Inquirido, disse:

Que comparece nesta Especializada para prestar declarações na presença de seus advogados (...), deseja esclarecer que não visualizou qualquer imagem do programa após ter saído do Reality Show, no qual permaneceu por 79 dias chegando à grande final e ganhando o prêmio de vencedora do referido programa de televisão; que tomou conhecimento por seus familiares do vulto que tomou seu relacionamento amoroso com o também participante #Marcos Harter, 37 anos, com quem conviveu no Reality Show como seu namorado por aproximadamente 2 meses; que no início, o relacionamento foi maravilhoso, Marcos era muito atencioso e carinhoso com a declarante, sempre a ouvia, o que foi modificado com o passar do tempo, visto que seu comportamento foi alternando até que este não deixava mais a declarante falar e demonstrar seus pontos de vista, sempre impondo que ela o escutasse; que tinha momentos que este a proibia de conversar com outros participantes com a desculpa que iriam envenená-la contra ele; que os atos de marcos foram tornando-se agressivos, visto que Marcos passou a gritar e colocar seu dedo em riste como forma de obrigá-la a escutar o que ele tinha a dizer e ao mesmo tempo constrangendo-a a não falar o que pensava; que Marcos passou a apresentar comportamento agressivo com beliscões, torções nos pulsos e apertões nos braços da declarante, sendo todos intencionais; que tais atos eram recorrentes, mas não aconteciam todos os dias; que o último ato se deu, inclusive, no dia em que Marcos deixou o programa, dia 10/04/2017; que Marcos sempre que apertava e beliscava a declarante era em seus membros superiores; que quanto ao fato ocorrido durante a festa "retrô", a agressão se deu através de vários beliscões fortes na parte interna do braço esquerdo da declarante de forma velada para que não fosse percebido pelos demais participantes e pelas câmeras; que a declarante ficou assustada ao ver no espelho o tamanho da lesão causada por Marcos naquele momento; que dias depois questionada pela participante Ieda (...)"

O suposto depoimento de Emilly Araújo continua e você pode acompanhá-lo nas imagens a seguir, que foram divulgadas no Twitter por um usuário do site

.

Publicidade
Publicidade

#bbb17