Depois de carimbar capas de grandes publicações e de embaralhar a situação política do país, a 'Lava Jato' chega às páginas da revista Sexy.

De que forma? A modelo e Miss Bumbum de Santa Catarina, Luciana Hoepers, presa pela Polícia Federal na operação Miquéias, será capa da revista, em agosto

A modelo adiantou que o ensaio da revista promete muito poder, glamour, riqueza e também revirar a estrutura política do Brasil.

Luciana, além de estar marcada por ostentar o apelido de #Musa da Lava Jato, também é conhecida pelo imenso número de cirurgias estéticas que realizou em seu corpo (segundo o site Blasting News), quatorze no total.

Publicidade
Publicidade

A Miss Bumbum revelou que já teve muitos problemas de aceitação com o seu corpo e que, no passado, já sofreu de distúrbios seríssimos como bulimia e anorexia, devido às exigências da passarela, por isso, a considera uma Musa Fitness, lapidada por meio de cirurgias plásticas, gastando um montante de R$ 400.000. No atual momento, ela afirma se sentir satisfeita e completamente feliz com o seu reflexo no espelho.

A campanha da revista Sexy terá o nome segredo lacrado e durante o ensaio fotográfico dessa quarta-feira (24), a loira deu informações sobre a dieta regrada que segue para assegurar sua boa forma.

“Minha alimentação consiste em ingerir pouquíssimos carboidratos, suplementos, bastante proteína, pílulas manipuladas a fim de diminuir o potencial de gorduras e para o aumento de definição muscular, além de vitaminas.”, revelou a modelo.

Publicidade

Operação Miquéias

#Luciane Hoepers, no esquema de desvio de dinheiro de fundos de pensão municipais, foi presa por ser considerada uma das arquitetas do projeto, que desviou, durante de 10 anos de acordo co o site Midia News, R$ 50 milhões dos benefícios.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou a modelo e mais um grupo de pessoas nos seguintes crimes: lavagem de dinheiro e organização criminosa e corrupção ativa e passiva. Segundo os critérios de investigação, o bando de corruptos simulava consultoria financeira e depois, para lavar dinheiro, usava empresas fantasmas. Quem fazia os primeiros contatos com os gestores eram as mulheres consideradas mais bonitas. Luciane escapou da condenação.

A musa fitness, ao falar sobre o ensaio para a revista Sexy, revelou que empregará o tema para impactar o momento político do país. “Vai ser algo super impactante, será uma analogia com o palco político do Brasil. Muito glamour e dinheiro.”