Marcos e Emilly, ex-participantes do reality Big Brother Brasil 17, da Globo, que viveram um relacionamento amoroso dentro da casa, tomaram rumos diferentes. Enquanto o cirurgião plástico preferiu permanecer em sua cidade natal, Sorriso, no Mato Grosso, e continuar trabalhando em sua área profissional, a gêmea largou Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, e se mudou para o Rio de Janeiro com o objetivo de se tornar uma atriz da rede Globo de TV. Eles se separaram ainda antes do BBB 17 acabar e, após o final do programa, não voltaram mais a se falar. Mas uma pergunta sempre paira na mente dos seus fãs: há possibilidade do casal “Mally”, como é carinhosamente chamado pelos fãs que apoiam o namoro dos dois, voltar a ser como antes? O próprio Marcos respondeu a essa pergunta, mas Emilly ainda não deu a sua posição.

Publicidade
Publicidade

“É até um desrespeito à minha pessoa. Já deixei bem claro, galera. Não forcem a barra. Eu tenho amor próprio”, diz o cirurgião plástico. Ele nega que exista alguma possibilidade de retornar com o namoro com a campeã do Big Brother Brasil 17. Marcos se mostra bastante decepcionado com algumas situações que aconteceram no final do programa. Ele chegou até a insinuar que a sua ex-namorada teria forçado a barra para que ele fosse expulso do reality no momento em que o médico estava crescendo no jogo e, inclusive, sendo chamado de “campeão” pelos seus seguidores. Apesar da polêmica, Tiago Leifert, que apresentou o BBB 17, disse que a decisão da exclusão do médico foi tomada pela direção do programa, e não pela gêmea.

“Dá uma peninha desses grupos que ficam apostando no relacionamento que não vai existir. Ele existiu sim, e da minha parte era verdadeiro. Mas agora não vai existir”, explicou o cirurgião plástico.

Publicidade

O médico nega que possa existir qualquer possibilidade de retorno do namoro entre ele e a gaúcha. Apesar disso, Marcos já tinha dito, momentos depois que o programa terminou, que queria ter uma última conversa com Emilly, para por tudo em pratos limpos. Depois, quando perguntado sobre se nessa última conversa poderia renascer o sentimento amoroso entre os dois, o cirurgião plástico deixou no ar a possibilidade e não quis responder, porém sim, ele apenas informou que tudo dependeria da última conversa entre os dois. Essa última conversa, até hoje, dia 10 de maio, ao que parece, não aconteceu. Ao menos a mídia não tem a informação sobre se eles já tiveram algum contato através de redes sociais, telefonema ou qualquer outro tipo de contato.

Enquanto isso não acontece, Emilly está atualmente morando em um apartamento alugado no Rio de Janeiro e já disse que vai comprar um para morar na cidade. Há também a informação de que a gêmea foi cotada para participar no novo programa dos “Trapalhões”, que estará estreando nesse mês de maio, na Globo. Detalhe: ao lado de Vivian Amorim. #Emily #Emilly e Marcos #Marcos Harter