A #Homofobia é uma das principais causas de mortes da população LGBT em todo o mundo. Infelizmente, é bem comum vermos em jornais e sites de notícias assuntos envolvendo esse tipo de violência. No entanto, cansados de verem tamanha crueldade, pessoas têm se unido para protestar contra a falta de políticas públicas que amparem esse público.

A respeito dessa luta em favor da vida, a classe artística tem se unido para dar maior visibilidade a causa LGBT. Usando as hashtags #NãoSilencieOAmor e #Kiss4LGBTQRights, artistas têm postado em suas redes sociais frase e fotos que pedem respeito à classe. As atrizes Leandra Leal e Mariana Ximenes se engajaram na campanha e estão dando o que falar nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Leandra postou uma imagem em que aparece beijando a colega de cena e fez um desabafo.

Ela escreveu que o Brasil é campeão mundial em mortes de LGBTs e que não devemos dar destaque para os que tentam calar o amor. “No dia do silêncio, holofotes contra quem tenta silenciar o amor! Sejamos nós, o país que mais mata LGBT no mundo, ou o governo russo, que tenta calar com prisões, campos de concentração e tortura física e psicológica. Não se cale!", escreveu. No final do seu texto, Leandra Leal explicou que a foto é de uma cena do filme "O Uivo da Gaita", em que contracenou com Mariana Ximenes.

A foto das atrizes se beijando teve bastante repercussão nas redes sociais. No entanto, não foram todos os internautas que gostaram de ver a cena. Uma pequena minoria atacou as atrizes dizendo que o que elas estavam fazendo não era o correto.

Publicidade

Muitos internautas usaram a religião para justificarem ser contra o beijo gay. "Vc começa a entender o Brasil, quando os 'formadores de opiniões' começam a fazer esse tipo de apelo. Se poupe. Sem preconceito, mas sem estímulos tbm (sic)", escreveu um internauta. 'Meu Deus, tem pessoas que não concordam com isso e não matam ninguém. Tem pessoas que respeitam mas não aceitam, é o meu direito, entende, gente. Não quero o mal nem a morte de ninguém, mas acho que tudo tem limite e respeito. Estou chocada. Admirava tanto uma pessoa como você (sic)" escreveu uma outra fã.

Leandra Leal e Mariana Ximenes não foram as únicas a declararem abertamente serem a favor dos direitos da população LGBT. Em outra ocasião, o ator Bruno Gagliasso já discursou a respeito da liberdade de gênero. Em protesto, ele já beijou outro galã da Rede Globo.