Ligações entre celebridades são menos incomuns do que as pessoas pensam. Às vezes, elas datam de antes das celebridades terem alcançado a fama. O astro Tommy Lee Jones (Homens de Preto, US Marshals), por exemplo, foi colega de quarto do ex-vice presidente americano Al Gore em Harvard.

Às vezes, deve-se a uma cidade cosmopolita atrair pessoas com chances de alcançar a fama em suas atividades. Hitler, Trotsky, Stalin, Freud e o imperador da Áustria-Hungria viveram no mesmo bairro em Viena, capital principal do império, pouco antes do início da Primeira Guerra Mundial. A própria atividade a que as celebridades se dedicam forja essas ligações.

Publicidade
Publicidade

Uma brincadeira comum em Hollywood é, dado o número de filmes que Kevin Costner estrelou e a diversidade de gêneros abrangida por esses filmes, tentar ligar um ator qualquer ao astro. Escolhe-se um ator X, depois se cita um ator Y que já tenha atuado em um filme do ator X, daí cita-se um ator Z que tenha atuado em um mesmo filme que o ator Y e, assim por diante, até chegar a alguém que tenha feito um filme com Kevin Costner.

Ainda assim, a natureza da ligação entre as atrizes Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa é, no mínimo, surpreendente - certamente, surpreendeu o entrevistador que arrancou a informação delas. As duas famosas já eram amigas na adolescência, frequentavam a casa uma da outra e estudavam na mesma sala no Ensino Médio. Nessa época, quando tinham por volta de 14 anos de idade, chegaram a dividir um crush.

Publicidade

A revelação veio no quadro Eu Nunca!, do canal Hotel Mazzafera, do youtuber Matheus Mazzafera, em que os convidados tomam um golinho de uma bebida - no gargalo mesmo - toda vez que Matheus cita alguma atividade que eles já fizeram ou alguma situação pela qual já passaram. Quando ele falou em "dividir crush com uma amiga", as duas convidadas do dia fizeram a revelação: já tinham dividido entre elas um crush. Matheus ficou embasbacado com a coincidência.

Quem explicou a história foi Marquezine, que disse que as duas gostavam de um rapaz que entrou na escola depois delas. Em uma festa no condomínio de Marquezine, o garoto deixou claro que estava interessado em Marina - quem avisou foi a própria Marquezine.

Tempos depois, ele passou a dar preferência a Marquezine. "Aí a gente meio que dividiu o crush", resumiu a namorada do craque Neymar. Não é difícil imaginar que, fossem outras as envolvidas, poderia ter acabado em briga e em fim de amizade.

Entre outras revelações que aparecem no vídeo de 6 minutos disponível no canal desde esta quarta-feira (10), as duas (ou melhor, os três - o entrevistador também participou da brincadeira) confessaram que já bisbilhotaram o celular do namorado -, mas Bruna fez a ressalva de que se arrepende de ter feito isso.

Em um mundo em que até #Bruna Marquezine e #Marina Ruy Barbosa sentem insegurança em relacionamentos, a única pessoa que talvez possa se sentir segura seja o sujeito que conseguiu atrair o interesse das duas ao mesmo tempo. #Famosos