No início desta semana, uma declaração polêmica da colunista Keila Jimenez, do portal R7, agitou os fãs do principal reality show gastronômico do país, o #Masterchef Brasil, no ar às terças-feiras pela Band. Segundo Keila, a participante Ana Luiza teria sido expulsa do reality após ser comprovado que ela já havia trabalhado como cozinheira em Chapecó, cidade onde mora; o programa admite apenas cozinheiros amadores, de modo que profissionais e estudantes da área não podem participar da atração.

Como o programa é gravado com antecedência, as cenas da eliminação de Ana Luiza - que segundo a colunista se daria de forma a aparentar ser uma eliminação comum por um prato mal executado - ainda não teriam ido ao ar.

Publicidade
Publicidade

A participante Ana Luiza desmentiu, em seu Instagram, os boatos de que teria sido expulsa do programa. Mas o que chamou a atenção da internet nesta terça-feira (23), é que ao menos uma parte das declarações da colunista Keila Jimenez parecia estar correta: a participante Nayane foi eliminada. A colunista havia declarado que Nayane seria a eliminada desta semana, após entregar tomates amargos em um prato adaptado do coquetel Bloody Mary. E foi exatamente isso que aconteceu!

Os participantes deviam adaptar três coquetéis em pratos para avaliação dos jurados: Bloody Mary, CMT e Caipirinha. As vencedoras das provas anteriores, Aderlize e Deborah, decidiram qual participante ficaria com cada um dos coquetéis. Nayane ficou com o Bloody Mary e, apesar de estar confiante, deixou que os tomates amargassem.

Publicidade

Entre Nayane e Taíse, os jurados optaram por eliminar Nayane.

Bronca inédita

Uma das parte do programa mais comentadas pelo público na noite de ontem (23) foi a bronca que a jurada Paola Carosella deu na participante Mirian Cobre, que diga-se de passagem, não parece ser nem um pouco querida nem pelos demais participantes, nem pelo público. Na primeira prova da noite, que desafiou os participantes a preparar um exótico ouriço, Mirian quis inovar demais no empratamento e colocou o carapaça do ouriço virada para baixo como base para a montagem do prato.

Para evitar que a carapaça molhasse o prato, Mirian colocou papel absorvente por dentro dela. Paola, que já não havia gostado muito da apresentação do prato - ''Parece uma barata!'' - resolveu virar a carapaça do animal e encontrou o papel.

''Isso é nojento!'', disse Paola. '' E eu nunca usei essa palavra no Masterchef, mas isso não é comida, então eu posso falar'.

Os espectadores, é claro, não perdoaram.

Saia-justa entre participantes

Outro ponto alto da noite, que também envolveu a dentista paulistana Mirian, foi a escolha dos coquetéis que cada participante adaptaria em um prato na prova de eliminação.

Publicidade

Esta decisão coube as vencedoras das provas anteriores, Deborah e Aderlize - que venceu o desafio surpresa de habilidade que houve entre a primeira prova e a prova de eliminação, cuja tarefa era fazer um empratamento bonito e coerente.

Mirian deixou claro desde o começo que desejava utilizar o coquetel Bloody Mary como base para seu prato. No momento em que Aderlize ia escolher o coquetel com o qual Mirian faria a prova, a dentista chegou a murmurar o nome do drink que queria que a colega escolhesse para ela.

Aderlize, porém, não se deixou convencer e não cedeu ao pedido de ajuda da participante: deu à Mirian o coquetel CMT, o mais temido da prova. Aos colegas no mezzanino, Aderlize ainda comentou que Mirian ''já está fazendo hora extra'' no reality.

Mirian, no entanto, acabou escapando da eliminação, para decepção dos internautas.

Confira abaixo mais alguns comentários a respeito do programa desta terça-feira (23) no Twitter:

O programa da semana que vem (30) tem a famosa repescagem com os participantes que já foram eliminados do reality show. #Famosos #Televisão