A casa mais vigiada do país, o Big Brother Brasil 2017 (BBB 17), fechou as portas há mais de um mês, mas as histórias dos que passaram por ela continuam deixando os fãs boquiabertos. A vencedora da 17ª edição, Emily Araújo, tem causado nas redes sociais postando detalhes de sua vida de milionária. Ela não revela, mas já começou a gastar sua fortuna com "luxos" para si mesma e sua própria família.

Após dizer que quer se lançar como atriz da TV #Globo e reencontrar fãs em um encontro emocionante, Emily alugou um apartamento na zona oeste do Rio de Janeiro. O imóvel, localizado na Barra da Tijuca, bairro nobre do município, custa a ela o valor mensal médio de mais de R$ 12 mil.

Publicidade
Publicidade

O gasto é composto de R$ 8 mil de aluguel mais R$ 5 mil de condomínio. As informações são do site TV e Famosos do UOL.

Segundo a publicação, ela irá morar com a irmã gêmea Mayla e seu pai, Volnei. O valor é compensado pelos luxos oferecidos pelo local em que foi a alugado o "humilde" ap. Emily e sua família terão acesso ao serviço completo de SPA, uma quadra poliesportiva de squash, restaurante e bar.

Emily, apesar de ter lucrado R$ 1,5 milhão, segue também como contratada da TV Globo e deve seguir regras do contrato com a emissora. Seu salário não cobre nem metade do valor do imóvel, ganhando no canal carioca o valor de R$ 4 mil. O site de celebridades informou ainda que o pai da sister abandonou o próprio emprego de mecânico no sul do país e mudou-se para o Rio de Janeiro para viver com as filhas e dedicar seu tempo a elas.

Publicidade

O site afirmou também, que Emily e Mayla são presenças frequentes em baladas do Rio de Janeiro, apesar de não terem conseguido muitas "presenças VIP" nas festas em que frequentam. O dinheiro do prêmio está sendo gasto também em passeios turísticos e viagens luxuosas.

Barraco na internet

Na manhã de sábado, dia 13 de maio, Emily queixou-se nas suas redes sociais de que foi impedida de trocar de lugar em um voo que iria fazer em uma companhia aérea nacional, a GOL. "De cara com essa companhia aérea. Eu tô numa poltrona que não reclina. Eu fui mudar pra outra e disseram que não dá. Eu disse 'me dá que eu pago' e não deixaram eu pagar. Tô de cara”", disse ela para o seu público.

Apesar da crítica, algumas pessoas responderam ela na internet, pedindo que fosse mais "humilde". "Pra que fazer barraco e expor a empresa? Seja humilde!", disse uma fã na rede social.

A empresa respondeu Emily, dizendo por meio de um comunicado, que a cadeira da famosa não reclinava pois atende normas de segurança. #Emilly #BBB 17