Após a editora Abril decidir parar de publicar a #PlayBoy no Brasil, as modelos interessadas em ensaios sensuais tiveram que migrar para a Europa. A Itália já teve na capa da famosa revista americana duas brasileiras.

No começo do ano, Jéssica Lopes, também conhecida como "Peladona de Congonhas", foi a primeira que conseguiu tal feito. Na edição de fevereiro, após ter sofrido câncer no colo do útero, a modelo comentou o fato de ter sido capa após a doença e das cirurgias que enfrentou. "Com o ensaio, eu me sinto mulher novamente, os homens não olhavam depois que foi noticiado que tive o câncer. É uma vitória ter passado por isso", comentou Jéssica.

Publicidade
Publicidade

A experiência de ter feito o ensaio fotográfico em outro país fez Jéssica comparar as diferenças que existem no trabalho dos produtores. Se aqui no Brasil o importante é ter o corpo nu, na Europa, com todo o seu passado de castelos e princesas, a modelo se sentiu muito bem quando fez as fotos para capa. "Na Itália, eles criam uma história, uma fantasia, não é apenas tirar a roupa e ficar pelada. Gostam de você com roupa intima, veem beleza em outras coisas. Me senti uma princesa", disse a modelo.

Se Jéssica fez o caminho, #karol schwonke apenas seguiu. Com apenas 21 anos, a #panicat é capa de abril no país da bota. Sendo a primeira modelo do programa de humor da Band que conseguiu estampar a capa de uma Playboy internacional, a modelo já recebia grande atenção pela revista desde o começo do ano, quando teve proposta, mas apenas no mês de abril que sua edição foi publicada.

Publicidade

Esta é a segunda vez que Schwonke tira fotos sensuais sem roupa. Em novembro de 2015, a modelo esteve na capa da revista Sexy.

Sem papas na língua

Não pense que Karol é uma mulher do time "recatada e do lar". Sem nenhum problema em falar sobre mudanças corporais, a modelo declarou já ter feito cirurgias plásticas em várias partes do corpo. "Não vejo motivos para esconder, pois sou totalmente adepta em fazer mudanças. Eu mesmo já fiz mama, lipoaspiração e alguns procedimentos no rosto", disse a Panicat.

Em entrevista para portais na festa de lançamento da revista Sexy, Karol Schwonke não escondeu um dos prazeres que tem na vida. "Adoro beber, queria poder beber mais do que estou acostumada, mas não tem espaço onde colocar mais bebida", declara.

A edição imprensa da revista é disponível apenas na Itália, mas se houve uma curiosidade sobre Karol, ela está todos os domingos no programa Pânico na Band.