Após o reinado de Nabucodonosor II (Heitor Martinez) na novela “#O Rico e Lázaro, a Babilônia terá mais quatros reis babilônicos, porém com menos tempo no trono. O primeiro assumir o trono será o príncipe Evil-Merodaque (Kayky Brito).

Apesar de todas as artimanhas da princesa Nitócris (Sthefany Brito) em “O Rico e Lázaro”, o marido de Shamiran (Gabriela Moreyra) acaba sentado do trono do pai, que morrerá após comandar o reino por 43 anos.

Rei Evil-Merodaque

De acordo com a história real da Babilônia, Evil-Merodaque reinou somente por dois anos o grande reino. O filho de Nabucodonosor foi assassinado pelo cunhado Neriglissar para lhe tomar o trono.

Publicidade
Publicidade

Porém, na trama adaptada por Paula Richard não existe o personagem Neriglissar. Mas pela história original, esse oficial que assumiu o trono foi o mesmo que liderou o Exército babilônico na destruição de Jerusalém e libertação do profeta Jeremias.

Rei Neriglissar (Nebuzaradã?)

Na novela bíblica da #Record TV, quem assumiu os soldados babilônicos na queda de Judá e livrou Jeremias (Vitor Hugo) de sua prisão foi Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme). Então, acredita-se que esses dois sejam o mesmo personagem que vai matar Evil-Merodaque e tomar o trono.

Talvez esse seja o motivo pelo qual a autora deve fazer com que a princesa Kassaia (Pérola Faria) seja morta nas mãos da sacerdotisa Sammu-Ramat (Christine Fernandes, uma vez que Kassaia nunca apoiaria a execução do irmão para tirá-lo do trono.

Se caso a escritora da novela seguir com o plano de tirar a princesa bondosa do caminho de Nebuzaradã, o chefe da guarda real, que é a mesma função do nome Neriglissar no reinado babilônico, deve se casar com a sacerdotisa.

Publicidade

Rei Labashi-Marduk

Se caso a autora volte atrás e deixe Kassaia viva, ela poderá ter um filho. Nebuzaradã, após assumir o trono tomado por quatro anos, será sucedido por seu filho. De acordo com história verdadeira da Babilônia, seu filho se chama Labashi-Marduk.

Se caso Nebuzaradã se case com Sammu-Ramat, após a morte de Kassaia, talvez o nome do filho seja o do deus Marduk, pois era comum a atitude de uma mãe sacerdotisa batizar o nome do filho com nome de uma divindade. O filho de Neriglissar reinou somente um mês.

Vamos aguardar, então, o que a autora Paula Richard escolheu para a sua adaptação poética para sua novela na Record TV e quais as surpresas que virão no decorrer na trama.

Rei Nabonido e rei Belsazar

Após um mês do reinado de Labashi-Marduk, Nabonido assumirá o trono e reinará por 17 anos. Mas na novela, tudo indica que a princesa Nitócris (Sthefany Brito) é que fará de tudo para conseguir o trono para o marido e o filho.

Porém nestes 17 anos, o rei Nabonido (Augusto Garcia) deixará o poder para o filho assumir na maioria das vezes.

Publicidade

Por isso que Belsazar se tornará o rei por seu pai preferir se preocupar com outras reinos. A princesa Nitócris é que será a rainha neste período dos dois reis, marido e filho, tomando várias vezes a responsabilidade de assumir as obrigações do reino.

O banquete do rei Belsazar será o fim do reinado da família de Nabucodonosor, pois o Deus de Israel fará algo extraordinário acontecer no dia da festa que espantará a todos os nobres presentes.

Lembrado que essa história dos quatros reis da Babilônia, além de Nabucodonosor e de seu pai Nabopolasar, é verídica. Só basta aguardar como serão os reinados destes reis babilônicos na novela bíblica de Paula Richard.

Confira o vídeo abaixo da caçada de leões de Nabucodonosor:

#Novelas