Nos capítulos futuros da novela “#O Rico e Lázaro, um dos vilões da trama bíblica adaptada por Paula Richard vai morrer. O comerciante Chaim (Henri Pagnoncelli) será encontrado morto após uma confusão dentro de casa, quando o mesmo chega bêbado. O sacerdote Fassur, que chama por Joana (Milena Toscano) ao se deitar com uma prostituta, é quem contará o fato.

O personagem que falecerá na novela bíblica “O Rico e Lázaro” é pai de Zac (Igor Rickli), com quem o velho comerciante brigou na sua recém-chegada Babilônia, junto com toda a sua família, por causa da casa e dos problemas familiares.

A confusão

Tudo começa quando Chaim e o chefe hipócrita da sinagoga se divertem na Casa da Lua, gerenciada por Zabaia (Cesar Pezzuoli).

Publicidade
Publicidade

Após encherem a cara com tanta bebida, o comerciante de armas resolve ir direto para casa, enquanto Fassur segue um caminho diferente.

Recém-chegado em casa, o velho bêbado implica com o filho mais novo Nicolau (Raphael Montagner) com duras palavras. Mas a ida da esposa Elga (Denise Del Vecchio) ao palácio de Nabucodonosor (Heitor Martinez) é descoberta pelo marido bêbado, o que o deixa mais revoltado ainda.

Sabendo que a senhora Elga fez um grande escândalo no local onde o seu filho Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme) é o chefe da guarda real, Chaim não pensa duas vezes e agride a esposa. Zac fica revoltado com agressão do pai a sua mãe, pois, antes, Chaim já havia acertado um golpe na serva Zelfa (Lucinha Lins), quando discutia com o filho.

Sem alternativas, Chaim resolve sair de casa e os filhos correm atrás do pai vilão após acudirem a mãe agredida.

Publicidade

Enquanto os filhos observam o estado da mãe, é o tempo que o comerciante consegue se despistar dos filhos furiosos.

Após deixaram a mãe Elga nos cuidados da serva Zelfa, Nicolau, Absalom (Roger Gobeth) e Zac caçam pelo pai agressor por caminhos diferentes. Mas a tentativa de encontrá-lo "não dá em nada".

Morte de Chaim

Por um caminho bem diferente, Chaim acaba se deparando com o seu recente parceiro de bebida, na Casa da Lua, sacerdote com quem esbarra no encontro inusitado após a confusão de casa. Em seguida, nestes capítulos que serão apresentados ao público de casa a partir do dia 29 de maio a 2 de junho na tela da Record, Fassur vai à casa de Zac e avisa que o pai foi encontrado morto nas ruas da cidade.

Nebuzaradã e o irmão Rabe-Sáris (Gustavo Leão), que descobriu antes o desaparecimento de Chaim por intermédio dos irmãos Shamir (Renato Rabelo) e Tamir (Anderson Muller), são avisados sobre a morte do pai. O oficial, marido da princesa Kassaia (Pérola Faria), pede à sacerdotisa Sammu-Ramat (Christine Fernandes) um ritual para o velório do pai.

Publicidade

Suspeito do crime

Como foi o sacerdote Fassur quem deu o recado da morte do patriarca da casa aos familiares, o que fez Elga desmaiar na hora, os filhos do falecido ficam desconfiados do hipócrita que abusou de Naomi (Karen Marinho) no passado.

O general Arioque (Felipe Cardoso) fica responsável de descobrir quem matou Chaim. O sacerdote Oziel (Saulo Meneghetti), auxiliar de Fassur, fica pasmo com a notícia da morte de Chaim. Nessa altura na novela “O Rico e Lázaro”, antes do pai morrer, Zac terá uma “briga feia” com o patriarca comerciante por causa do seu noivado com Joana, que acontece nos capítulos mais próximos.

Por isso, não perca as emoções da novela bíblica, que vai mostrar o Vale dos Ossos Secos na visão do profeta Ezequiel (Licurgo Spínola). O folhetim bíblico é exibido de segunda a sexta-feira, às 20h30.

Confira no vídeo abaixo, o flagra mais importante da novela "O Rico e Lázaro":

#Record TV #Novelas