A novela “O Rico e Lázaro” está cada dia perdendo a sua audiência na TV Aberta. Mesmo com rumores de que a Record perdeu boa parte de sua audiência por causa de sua saída nas operadoras de TV Paga, acredita-se também que o público restante está se afastando da novela bíblica.

Sofrimento em “A Escrava Isaura”

Isso porque a novela que deveria ser “bíblica” está seguindo os mesmos rumos das maldades e crueldades da novela “#A Escrava Isaura”, de Tiago Santiago, em que a protagonista sofre igual a Asher (Dudu Azevedo), de “O Rico e Lázaro”.

Na reprise de “A Escrava Isaura”, a trama quase toda é a escrava Isaura (Bianca Rinaldi) sofrendo tentativas de assédio e de abusos grosseiros por parte do seu Leôncio (Leopoldo Pacheco), filho do Comendador Almeida (Rubens de Falco).

Publicidade
Publicidade

Além disso, Isaura é chicoteada e maltratada sempre que possível pelo vilão.

Começo da novela bíblica

Com “#O Rico e Lázaro”, a trama adaptada por Paula Richard começou com tudo, tendo profetas e batalhas dos babilônicos nos primeiros capítulos, obtendo bons índices de audiência na faixa bíblica da Record TV logo de início.

Acontece que depois do sumiço do profeta Jeremias (Vitor Hugo), que foi embora para o Egito, a parte bíblica do folhetim dirigido por Edgard Miranda foi deixada um pouco de lado. Com isso, a parte ficção da trama ganhou bastante espaço com os dois protagonistas da novela.

Sofrimento de “O Escravo Asher”

Zac (Igor Rickli) e Asher tomaram o espaço dos profetas definitivamente na novela, algo que não agradou o público. Asher, que no começo da trama passou a servir Chaim (Henri Pagnoncelli) durante sete anos, agora se tornou um escravo na Babilônia.

Publicidade

A partir de então, a vida de Asher virou o mesmo sofrimento da escrava Isaura.

Com isso, os telespectadores estão começando a rejeitar a “novela bíblica”, pois já não aguentam ver mais a “Escravinha de Leôncio” sofrer todos os dias nas mãos do bandido. Para testar a paciência do telespectador, ainda tem que aguentar “O Escravo Asher”.

Para a infelicidade do público de casa, e de acordo com a autora Paula Richard, Asher irá sofrer muito ainda.

O grande motivo do sofrimento de Asher seria porque ele deve ser o Lázaro, que será revelado no último capítulo. Para a autora do folhetim, Lázaro deve sofrer até os últimos capítulos. Com isso, Asher só terá paz no Reino dos Céus.

Por causa deste sofrimento do escravo hebreu, o povo de casa deve, por enquanto, aguentar assistir às 19h30 “A Escrava Isaura” e às 20h30 “O Escravo Asher” no “O Rico e Lázaro”. Só resta para os telespectadores torcerem pelo amigo Lior (Eduardo Mello) ajudar Asher a sair desta catástrofe e o seu Belchior (Ewerton de Castro) salvar Isaura do cruel patrão.

Publicidade

“A Escrava Pietra”

Lembrando que a nova novela “#Belaventura, da Record, que tem previsão de estreia entre o final do primeiro semestre e o começo do segundo semestre deste ano para a faixa das 19h30, pode mudar um pouco as opções do telespectador.

Lembrando aos autores que o povo brasileiro, que sofre com tantas injustiças no nosso país, que assiste as “novelas bíblicas e de época”, desejam ver a “Justiça de Deus” pelo menos em uma novela. Os fãs e seguidores destas tramas aguardam um ótimo final de novela, depois de tanto sofrimento.

Confira o vídeo abaixo sobre o último capítulo de 'O Rico e Lázaro':