O Brasil vive uma grande tensão política desde o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT). O país parece não entrar nos eixos e o atual presidente, Michel Temer, também enfrenta importantes acusações. Em meio a tudo isso, alguns artistas acabam sendo atingidos. Uma das famosas que acabou passando por momentos turbulentos ao ver o seu nome em meio a uma polêmica política foi Renata Sorrah. Ela está no ar como a vilã Nazaré Tedesco, da novela 'Senhora do Destino', exibida na sessão do 'Vale a Pena ver de Novo'. Renata acabou sendo vítima de um crime grave, falsidade ideológica nas redes sociais. Ela não gostou do que aconteceu e decidiu reagir.

Publicidade
Publicidade

Renata Sorrah desabafa sobre perfil falso e anuncia processo

Sorrah está escalada para a próxima novela das nove da Rede Globo de Televisão, 'O Sétimo Guardião'. O folhetim, assim como 'Senhora do Destino', é assinado pelo autor Aguinaldo Silva. Graças ao perfil falso na internet, o nome de #Renata Sorrah acabou sendo alvo de notícias errôneas nas redes sociais. Alguns portais fizeram questão de darem a notícia, que causou grande perplexidade em muita gente, já que Renata não costuma participar de polêmicas políticas. Em entrevista ao GShow, o portal de entretenimento da Globo, ela falou sobre a difícil situação e disse que estava muito triste.

Segundo a atriz, que viveu a vilã Nazaré na televisão, ela está ensaiando na Alemanha e acabou ficando triste com o noticiário que está sendo replicado e usando o seu nome.

Publicidade

Por conta da confusão, ela fez questão de ressaltar que não tem Facebook e Twitter. A atriz decidiu processar o autor do perfil falso atribuído a ela.

Advogado de Renata fala sobre crime cibernético

Em entrevista à coluna 'E+Mais', do site do jornal 'O Estado de São Paulo', Ricardo Brajterman, advogado da atriz, anunciou que o autor do perfil que utilizava o nome da famosa de maneira ilegal será processado. O advogado diz que a decisão foi tomada a fim de que o internauta não volte a realizar a mesma ação. Ele ainda informou que utilizará a 'Lei do Marco Civil da Internet'. Assim, o Twitter será obrigado a liberar o ID do internauta que fez tudo isso.

O advogado ainda disse que processará o autor dos posts por danos morais. De acordo com ele, isso tem mais caráter educativo, do que econômico. "(...) um valor que desestimule a pessoa de voltar a praticar essa conduta", explicou o advogado, revelando que cabe ao juiz decidiu que valor é essa. No tal post falso, o Twitter que utilizava o nome da atriz se voltava contra os chamados "coxinhas". #Famosos