Na noite desta última terça-feira, 02, o depoimento da ex-BBB, Emilly Araújo, veio à tona sendo divulgado pelos principais sites informativos do país e compartilhado inúmeras vezes nas redes sociais.

O depoimento prestado pela gaúcha no dia 17 de abril à delegada-titular Viviane Costa Ferreira, responsável pela Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro, relata uma série de passagens polêmicas do relacionamento que ela manteve com o cirurgião plástico Marcos Harter dentro do reality show, dentre elas apertos, torções e beliscões sofridos durante as discussões com o namorado.

Os trechos do depoimento que chegaram ao conhecimento do advogado de defesa de Emilly na manhã de hoje, causaram revolta e indignação ao profissional de direito.

Publicidade
Publicidade

De acordo com ele, somente sua cliente e o acusado teriam acesso às cópias do processo. O advogado que classificou a divulgação do material como um ato maldoso, e interessante para o acusado, ameaçou tomar providências para que a atitude seja penalizada, durante uma entrevista ao site UOL, o advogado da ex-BBB declarou: ''Nós pretendemos, sim, buscar o responsável por esse vazamento já que o procedimento é sigiloso”.

Big Brother Brasil 2017

A mais rentável, assistida e polêmica edição do reality show produzido pela Rede Globo, chegou ao fim no dia 13 de abril e vem sendo uma das principais notícias do país até o presente momento.

Protagonizado pelo casal Emilly e Marcos, o romance entre a estudante de 20 anos e o renomado médico de 37 anos, se tornou assunto de polícia, ao ter Marcos agredindo física e psicologicamente a participante durante o programa.

Publicidade

O episódio, que foi ar na madrugada do dia 10 durante a festa 'Emoções', mostrou claramente Marcos encurralando a namorada contra a parede e apertando seus braços e pulsos enquanto desferia palavras de baixo calão quanto à índole e caráter de Emilly.

Tendo sua atitude reprovada pelos produtores da Rede Globo, Marcos Harter foi expulso do programa e intimado a prestar depoimento à DEAM, sob uma forte acusação de agressão à mulher. Ele, que compareceu para depor na manhã do último dia 12, acompanhado de sua irmã e 03 seguranças particulares, foi ouvido pela delegada, liberado e aguarda as investigações serem feitas pelo Ministério Público.

Caso condenado, Marcos poderá cumprir pena de 01 a 03 anos de reclusão, de acordo com a Lei Maria da Penha. #Emilly e Marcos #Emilly BBB17 #Depoimento de Emilly vaza