#Silvio Santos, o personagem tão querido da TV brasileira e dono do SBT, agora está sendo acusado de assédio sexual. Essa é uma das poucas vezes que o nome do apresentador é envolvido em polêmica desta natureza. De passado até então ilibado, Silvio foi nesta semana alvo de declarações de uma ex 'Silvete', ou seja, uma ex-assistente de palco. A mulher que o acusa é Neide Ribeiro, de 68 anos.

Neide tem um passado de muitos anos na emissora e decidiu abrir a 'caixa de ferramentas' e expor o que ela julgava ser o mais podre passado do SBT. Em conversa com Paulo Sampaio, colunista do UOL, a atriz e assistente de palco revelou algumas informações sobe #Carlos Alberto de Nóbrega e Silvio Santos que até então eram desconhecidas do grande público.

Publicidade
Publicidade

O relato da mulher diz que Silvio Santos, o Homem do Baú, passava cantada em todas as mulheres. Não escapava uma alma viva. No dia que o #Assédio sexual se voltou para ela, Neide decidiu retrucar. Segundo ela, quando Silvio a assediou ela disse que só iria para a cama com ele quando o ricaço desse a ela uma cobertura nos Jardins (zona nobre de São Paulo). Mas ela sabia que não daria, pois julgou o dono do SBT como 'miserável'.

Ainda disse que SS tinha muito bafo e comparou o hálito do apresentador como o de um cabo de guarda-chuva. Quando ele se aproximava ela dava passos para trás.

E não foi só Sílvio que entrou no rol de acusações da mulher. Ela falou também de Carlos Alberto de Nóbrega. Conforme o relato, os dois cumpriram agenda em um evento no interior. Ao terminar o evento, Carlos Alberto ligou insistentemente para o quarto de hotel da suposta vítima, Neide.

Publicidade

Ela não atendeu, mas a insistência o levou a bater na porta do quarto. Ela, malcriada, como conta, disse que não transaria com ele, a não ser que ele desse uma grande quantia de dinheiro. Segundo ela, 'chutou bem pra cima', para que ele realmente não aceitasse. A reação do apresentador foi recusar a oferta assustado e ir embora.

Ela resumiu Carlos Alberto como um 'velho babão desgraçado', e ainda disse que todo mundo se engana com as aparências de bonzinho do apresentador. Neide revelou que logo depois deste episódio ela foi demitida da casa e fez mais uma acusação antes de encerrar a entrevista. Segundo ela, ele pega as meninas de 'A Praça é Nossa' e oferece também para o filho. E as meninas, com medo de perder o emprego, se submetem ao teste do sofá.

Neide hoje em dia é casada e vive tranquilamente. Ela dedicou parte da carreira a filmes adultos e a pornochanchadas, típico do cinema do Brasil dos anos 70 e início dos 80. A assessoria de Sílvio Santos não comentou o assunto e a de Carlos Alberto nega qualquer assédio e repudia os comentários.