Núbia Óliiver é um dos maiores símbolos sexuais do Brasil. Nesta segunda-feira, 1, ela foi alvo de uma polêmica reportagem do portal de notícias UOL. Núbia, que ficou ainda mais famosa ao participar de 'A Casa dos Artistas', do SBT, contou que sofreu muito assédio sexual durante toda a sua carreira e que isso acontecia - desde simples galanteios - até mesmo ter sido trancada em um apartamento, a fim de evitar sair do imóvel. A celebridade ainda disse que, em um dos momentos mais difíceis de sua vida, ela quase foi estuprada por uma famoso diretor de televisão, que não teve o nome revelado. De acordo com ela, o tal diretor ainda continua na ativa em uma grande emissora de televisão.

Publicidade
Publicidade

Os detalhes dados por Núbia indicam que ela seria inocente e que, na expectativa de ganhar um papel na televisão, acabou indo conversar com o tal diretor, que mandou que ela fosse o procurar em seu camarim. Foi ali que o assédio forte aconteceu. "Fui inocente? Fui, mas quem não ficaria empolgada com uma oportunidade? Não vi maldades", disse a celebridade, conhecida, justamente, por conta da sensualidade. Núbia diz que, inicialmente, tudo parecia um teste. O direto até passou o texto com ela, mas aos poucos, queria era passar sua mão na atriz. O diretor ainda a teria trancado dentro do camarim, o que a deixou desesperada. Depois disso, Núbia garante que nunca mais fez nada na tal emissora.

A entrevista dada pela profissional da dramaturgia acabou tendo grande repercussão nas redes sociais.

Publicidade

"celebs" que nunca foi assediado (a) ou nunca foi vítima de racismo? Virou moda, igual criança da classe média obrigatoriamente ter que ir a Disney. Porque não falaram antes? Porque somente agora?", questionou um internauta sobre a polêmica do momento, que teve início com o ator da Rede Globo de Televisão José Mayer. O profissional foi acusado de assediar a figurinista Su Tonani, durante os bastidores da novela das nove 'A Lei do Amor', da Rede Globo de Televisão.

Outro internauta também fez questão de comentar que ela falou, mas não disse o nome do diretor. "Tá virando moda sub celebridades esquecidas virem a público relatarem assédio sexual a 10, 20 ou 30 anos atrás. Nesse caso da Núbia, ela devia ter denunciado, já que o assediador já deixou claro que na emissora ela nunca mais iria trabalhar. Não ia perder nada se denunciar. Dê o nome do assediador", escreveu um comentarista da matéria publicada pelo UOL. #Famosos