No dia de hoje (05), a Folha de São Paulo abriu espaço para Su Tonani, figurinista da TV Globo que acusou #José Mayer de #Assédio sexual, para falar de todo o ocorrido, bem como do porquê não ter comparecido à delegacia e nem ter “retirado” a queixa.

No relato comovente e cheio e propriedade, Su Tonani diz que nunca foi amante de José Mayer, não foi demitida pela Rede Globo de Televisão e, tampouco, fez qualquer acordo. Afirma ainda que nunca retirou a queixa contra o ator, pelo simples fato de nunca ter prestado queixa.

Ela não compareceu à audiência porque, uma vez não tendo prestado queixa, não quis dar prosseguimento e nem abrir processo criminal no que se refere ao assédio.

Publicidade
Publicidade

Su deixa claro em seu depoimento ao blog #AgoraÉQueSãoElas, da Folha de São Paulo, que enfrentou o medo ao denunciar José Mayer, que é muito mais poderoso do que ela, pelo simples fato de não aguentar mais ficar calada. Ela queria justiça e teve a justiça que queria quando ele assumiu o fato em carta de desculpas e carta de confissão, ambas lidas no Jornal Nacional.

Segundo ela, houve justiça porque ela conseguiu entrar em terreno antes impenetrável (uma emissora do porte da Rede Globo de Televisão) e dizer o que estava acontecendo a alguém “pequena” como ela. Depois de assumir e erro e pedir desculpas, para ela, a história teve um ponto final.

Ela também pede que deixem que ela coloque esse ponto final. Afirma que quer deixar de ser a vítima e que, no momento, se sente vítima de tabloides irresponsáveis, que especularam e minimizaram o ocorrido, bem como tornaram pequeno o apoio que recebeu de outras mulheres.

Publicidade

Tonani também enfatiza que, em circunstâncias diferentes da dela, a mulher deve prosseguir com um processo criminal cível, mas ela não quer dar sequência e pede que respeitem o seu “não”.

Entenda o caso

No dia 31 de março, a Folha de São Paulo recebeu a denúncia de Susllem Tonani, figurinista da Rede Globo de Televisão, contra os assédios do ator José Mayer.

A figurinista afirmou que ele pegou em suas partes íntimas e a chamou de “vaca”, ambas as situações com testemunhas.

Logo depois disso, atrizes se manifestaram em favor de Tonani, e lançaram campanha dizendo “Mexeu com uma, mexeu com todas” e usaram a hashtag #ChegadeAssédio. Muitas foram as atrizes que se juntaram em favor de Su, dentre elas Taís Araújo, Fernanda Lima, Tainá Müller, Bruna Marquezine, Cissa Guimarães, Sophie Charlotte, Drica Moraes, Alice Wegman, Gloria Pires, Grazi Massafera, Camila Pitanga

No dia 04 de abril, a Rede Globo de Televisão suspendeu José Mayer por tempo indeterminado.

Na sequência, o ator, que havia pedido anteriormente para não ter seu personagem “Tião Bezerra” confundido com sua pessoa, retratou-se através de carta assumindo os atos e, portanto, ratificando o que Su Tonani relatou à Folha, dizendo que errou e pedindo desculpas.

Carta do ator:

Depois desse fato, Su não compareceu à delegacia para dar sua versão do ocorrido e muitas notícias saíram a respeito.

Publicidade

O colunista Leo Dias teria dito que ela foi amante de José Mayer no passado.

Outras pessoas a julgaram culpada por não ter comparecido. Por conta de tantas especulações, ela novamente ganhou espaço na Folha de São Paulo e contou a verdade sobre o que vem ocorrendo. #Assédio Sexual