Falar da morte nunca é agradável, mas, às vezes, o fã de algum ídolo fica sem saber seu paradeiro. O ano ainda nem chegou à sua metade e aconteceram diversas mortes de ídolos e celebridades fortemente ligadas ao mundo musical.

A mais recente e trágica foi do vocalista Chris Cornell, do grupo de rock norte-americano Soundgarden, e aqui no Brasil, na semana passada a do roqueiro Kid Vinil. Ambas as mortes foram amplamente divulgadas pela mídia nos últimos dias.

No entanto, outros que foram para o andar de cima tiveram seus óbitos com pouca repercussão no Brasil. Alguns mais são conhecidos no próprio meio musical.

Janeiro

Bobby Freeman: o músico californiano de soul e rhythm and blues, que faleceu no dia 23, é conhecido por ser autor do grande sucesso "Do You Wanna Dance", gravado também por artistas como Beach Boys e Johnny Rivers, este último fazendo uma versão mais romântica da canção.

Publicidade
Publicidade

Morreu, aparentemente, de causas naturais.

John Wetton - baixista do grupo de rock progressivo King Crimson nos anos 1970, faleceu de câncer de cólon no último dia do mês.

Fevereiro

Al Jarreau - cantor norte-americano de jazz, pop e rhythm and blues, apresentou-se no primeiro Rock In Rio, em 1985, e também na versão do mesmo festival 30 anos depois. Participou do projeto "USA for Africa". Faleceu no dia 12.

Tibério Gaspar - compositor, violonista e produtor, largou a faculdade de engenharia para trabalhar com música. Autor do sucesso "Sá Marina" na voz de Wilson Simonal, trabalhou para outros ícones da MPB. De septicemia (um tipo de intoxicação no sangue), no dia 15.

Larry Coryell - guitarrista de jazz, nascido no Texas, tocou com os guitarristas John McLaughlin e Paco de Lucía. De enfarte, no dia 19.

Publicidade

Clyde Stubblefield - baterista norte-americano, integrante da banda de James Brown. No dia 18, de insuficiência renal.

Março

Chuck Berry - guitarrista, compositor e cantor estadunidense, grande influência musical dos Beatles e Rolling Stones, autor de memoráveis hits como "Johnny B. Goode", "Roll Over Beethoven" e "Sweet Little Sixteen", entre muitos. No dia 18.

Joni Sledge - uma das irmãs do grupo norte-americano de estilo disco dance as Sisters Sledge, que fizeram grande sucesso na época com a música "We Are Family". No dia 10.

Abril

Cuba Gooding - músico norte-americano de soul e rhythm and blues, foi vocalista da banda de The Main Ingredient, e pai do ator Cuba Gooding Jr. De suspeita de overdose, no dia 20.

Jerry Adriani - cantor paulista, fez parte do revolucionário movimento musical Jovem Guarda, liderado por Roberto Carlos. Com grande influência de Elvis Presley no início de sua carreira, também era muito querido no meio artístico. Sofria de câncer e morreu no dia 23.

Belchior - cantor e compositor cearense, outra morte foi muito sentida no meio musical.

Publicidade

Ultimamente recluso e praticamente não aparecia na mídia. No dia 30, de rompimento da artéria aorta.

Maio

Almir Guineto - músico de samba de raiz e pagode, fundador do Grupo Fundo de Quintal. Seu sucesso, "Coisinha do Pai", na voz de Beth Carvalho, foi tocado até no planeta Marte em 1997, por um carrinho-robô lançado pela Nasa numa missão de exploração no planeta. No dia 5, por insuficiência renal crônica.

Que as famílias e fãs desses músicos possam ter o melhor consolo possível. #Morre #músicos falecidos #Famosos