A atriz e apresentadora global #Monica Iozzi, através de seus advogados, fechou acordo para o pagamento de indenização no processo por danos morais que foi movido contra ela pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, (STF).

Por meio de sua conta no Instagram, Monica fez duras críticas à decisão do ministro de conceder o beneficio do “habeas-corpus” para o médico Roger Abdelmassih em um processo que o mesmo respondia por abuso sexual e estupro de várias vítimas.

Na época, a publicação de Monica chegou ao conhecimento do ministro Mendes, que se sentiu lesado e entrou na Justiça contra Monica pedindo um reparo estimado em R$ 100 mil reais e a retirada do ar da postagem.

Publicidade
Publicidade

Monica recorreu, mas agora o processo finalmente chegou ao fim e foi arquivado devido ao acordo entre as duas partes.

Os advogados de Iozzi conseguiram a redução do valor pedido inicialmente e acabaram chegando a quantia de R$ 30 mil reais, que deverá ser paga num prazo de 15 a 30 dias. Não cabe mais recurso.

A decisão saiu na sexta-feira passada, 19, e foi tomada pela Justiça do Distrito Federal.

Os representantes legais da atriz disseram que no mérito estaria bem claro que não houve qualquer dano ao ministro, mas que o juiz entendeu que sim e então estipulou valor.

Thiago Ladeira, advogado de Monica, chegou a alegar em recurso que o caso seria apenas “expressão de opinião”, mas não conseguiu livrar Monica de pagar a indenização.

“Então, para acabar com essa questão, em decisão interna, optamos por pagar o valor de acordo, pois assim encerramos esse caso, sem tentar seguir em frente com o processo.

Publicidade

Terminamos com a pendência", declarou o advogado em defesa da atriz.

Monica ainda terá que arcar com o custo de tramitação do processo, que foi iniciado na 4° Vara Civil do Distrito Federal.

Em outra polêmica envolvendo Monica e suas redes sociais, ela fez uma crítica à campanha publicitária divulgada pela rede de lojas “Marisa”, que segundo ela teria usado a morte da esposa do ex-presidente Lula como tema de sua propaganda.

Após postar a critica, as contas de Monica no Instagram e Twitter saíram do ar, deixando os seguidores intrigados com o motivo. Especulou-se que poderia ser por alguma outra ordem judicial, ou então Monica mesmo teria desativado para tentar evitar mais complicações.

Atualmente, ela esta no ar na minissérie “Vade Retro”, apresentada pela #Rede Globo, no papel da protagonista Celeste. #Famosos