Na madrugada de quarta-feira (14), um prédio residencial no Grenfell Tower, localizado no centro de Londres, Inglaterra, que possuía 127 apartamentos acabou pegando fogo, destruindo tudo que havia nele. A cantora de soul pop #Adele foi até o local do #Incêndio para dar apoio às pessoas que estavam assustadas, mostrando um grande ato de solidariedade.

O prédio destruído e em ruínas deixou cerca de 400 a 600 pessoas desabrigadas, 17 mortos, um grande número de pessoas hospitalizadas, sendo 18 em estado critico. Adele não se conteve ao ver a #Tragédia ocorrendo em sua cidade natal e desabou no choro. O seu marido, Simon Konecki, deu total apoio a sua mulher, a acompanhando durante todo o tempo no local do incêndio.

Publicidade
Publicidade

Adele e seu marido ficaram andando ao redor do local, conversando com as pessoas, dando apoio e se preocupando, perguntando se eles estavam bem. O casal mostrou preocupação até mesmo com os animais das vitimas, querendo saber se eles se encontravam bem. Ambos também abraçaram as vitimas, mostrando total empatia e solidariedade a situação.

A cantora foi muito elogiada pelos fãs e os internautas que acharam incrível o que Adele fez. Muitos a parabenizaram por ter mostrado empatia pelas vitimas. Alguns moradores do edifício que foram entrevistados sobre o ocorrido disseram o quão amorosa a cantora se mostrou ser, afirmando que ela havia ido sem seguranças, deixando de se preocupar com ela mesmo e focando apenas nas pessoas que se encontravam no local. Algumas afirmaram também que Adele não se preocupou com o horário, por ter ido ao local por volta de 1h da madrugada.

Publicidade

A cantora também possui um fã clube, que divulgou imagens dela abraçando e apoiando as pessoas, inclusive há fotos registrando a emoção de Adele chorando. A cantora não quis se pronunciar em suas redes social a respeito da sua atitude, o que levou aos seus fãs a afirmarem que a atitude dela foi motivada por empatia e compaixão, estando bem longe de querer ser glorificada pela sua atitude.

Apesar da cantora não se pronunciar, seu empresário apenas fez a confirmação ao site BuzzFeed News de que Adele e Simon Konecki estiveram no local, dando apoio às vítimas, sem se preocupar com seguranças e com o horário, se preocupando apenas com as vítimas.

Conforme o site Notícias ao Minuto, Jamie Oliver também esteve no local dando apoio às vítimas, oferecendo às famílias afetadas refeições gratuitas em seus restaurantes.