Uma menininha linda, com pouco mais de duas semanas, veio ao mundo para conferir ainda mais felicidades ao casal famoso, formado pelo ator brasileiro, consagrado internacionalmente, #Rodrigo Santoro, e a sua bela esposa Mel Fronckowiak. Os pais de Nina, como foi chamada a neném, trataram de se comportar de forma bastante discreta em relação ao nascimento, mantendo uma verdadeira atmosfera de sigilo no que diz respeito até mesmo à data específica do parto da bebê, o qual só pode ser confirmado uma semana após ter sido realizado.

O hospital escolhido pelo casal para o nascimento da filha foi a Casa de Saúde São José, no bairro do Humaitá, zona sul da Cidade do Rio de janeiro, próximo à lagoa Rodrigo de Freitas, na segunda-feira do dia 22 de maio, de acordo com informações que foram repassadas pelo hospital ao conhecido portal das celebridades “Glamour”, que fala sobre a vida de artistas e outros famosos.

Publicidade
Publicidade

Exatamente uma semana antes de se tornar o papai de Nina, Santoro concedeu uma entrevista no novo programa de entrevistas da Rede Globo chamado "Conversa com Pedro Bial", o qual foi veiculado na segunda-feira (15). Na ocasião, o galã e símbolo sexual acabou revelando que sempre teve o sonho singelo de construir uma família.

Rodrigo disse que não existe uma fórmula ou agenda predeterminada sobre quando este sonho específico pode vir a ser uma realidade, mas ele expressou ainda que agradece a Deus a nova realidade que está vivendo com a companheira e a filha de ambos, "aconteceu tudo no seu exato momento", completou o artista.

Para Santoro, chega um pouco da vida mambembe e cigana que vinha levando há aproximadamente 10 anos e que é chegada a hora de ele ter mais estabilidade com a formação de um núcleo familiar que fosse realmente sólido, uma espécie de porto seguro.

Publicidade

Vale destacar que foi no mesmo programa conduzido pelo apresentador e jornalista Pedro Bial, que Santoro teve a oportunidade de confirmar ao público e fãs em geral, que a sua filhinha se chamaria Nina, mas ele chegou a dizer ainda, que se ele olhasse para a menina e cismasse, a criança poderia se chamar Joana com toda a certeza, ou seja, como alguns amigos de Santoro lhe disseram, é a criança que acabou de nascer que passa toda uma vibração e escolhe o próprio nome e não os pais dela.

A título de curiosidade, Rodrigo Junqueira Reis Santoro, ou simplesmente Rodrigo Santoro como é mais conhecido, nasceu em 22 de agosto de 1975 na cidade serrana de Petrópolis, no Estado do Rio de Janeiro, e profissionalmente alcançou a fama contracenando em papéis de destaque nas novelas brasileiras; trabalhou também no seriado norte-americano “Lost” e foi o governante persa Xerxes I, inimigo mortal da #Grécia, nos filmes para o #Cinema, “300” e “300 – A Ascensão do Império”.

Cena de Rodrigo Santoro como Xerxes em '300'