A linda e talentosa atriz da #Rede Globo de televisão #Juliana Paes, mais uma vez, parece que soube encarnar como ninguém o trabalho que lhe foi designado como modelo do ensaio fotográfico para Bob Wolfenson, em que se caracterizou como uma “feroz” boxeadora.

Os cliques foram feitos no sábado(10); sendo que Paes, quase que imediatamente, fez questão de compartilhar uma das fotos na sua rede social oficial do Instagram, onde inseriu uma legenda para lá de provocante em relação à lutadora de MMA e também policial Jeiza, personagem que é interpretada pela sensual paulistana Paolla Oliveira, que é a principal rival de Bibi, personagem fictícia de Juliana Paes na novela “A Força do Querer”.

Publicidade
Publicidade

A frase escrita pela boxeadora de “mentirinha” foi esta: “Vem pra mão Jeiza”, ou seja, o duelo entre as duas artistas nesta produção global parece que ainda vai dar muito o que falar.

A postagem na web foi o que bastou para que a imensa legião de fãs e seguidoras da morena registrasse os seus comentários na rede social acerca da sessão de fotos, escrevendo comentários tais como: “Acaba com ela, Bibi”, declarou um internauta; um segundo concordou que o que escreveu Juliana foi de fato a melhor legenda e um outro a elogiou com o adjetivo, “maravilhosa”.

Juliana Couto Paes é uma modelo e atriz brasileira nascida na pacata cidade de Rio Bonito, interior do estado do Rio de Janeiro, em 26 de março de 1979. A moça pode alcançar o estrelato nacional, quando emplacou um sucesso atrás do outro nas telenovelas da emissora carioca.

Publicidade

A beldade, que é formada em Publicidade, teve o seu 1º sucesso explodindo nas telinhas ao dar vida à personagem da empregada doméstica de nome Ritinha, na novela de 2000, “Laços de Família”. Já no ano seguinte, também fez muito sucesso como Karla na produção de “O Clone”.

Outro trabalho de destaque de Juliana Paes foi como Jaqueline Joy, que queria a qualquer custo ser uma modelo famosa na trama “Celebridades", em 2003. Não pode ser esquecida também a atuação como Maya Meetha, na ainda hoje lembrada novela “Caminho das Índias”, em 2009, obra assinada pela competente novelista Glória Perez.

Esses são só alguns dos muitos trabalhos de sucesso de Juliana na televisão, mas vale frisar que a morena, em 2004, posou para fotografias, sendo capa da revista masculina Playboy, o que funcionou para que Juliana viesse a se tornar um dos maiores símbolos no quesito sexualidade durante a década de 2000 em todo território nacional. Status esse que foi confirmado pela VIP, revista que a escolheu como a "Mulher mais Sexy do Mundo" em dois anos consecutivos, 2006 e 2007. #Novelas