Ele está de volta. O artista marca estreia em terras gaúchas, a partir de julho, em um projeto em parceria com amigos famosos chamado W/Brasil, em referência à famosa canção de Tim Maia. Dentre os convidados, que dividirão o palco com Binho, estão: Seu Jorge, Raça Negra, Rappin Hood e Melanina #carioca.

Os shows vão acontecer na cidade de Guaíba, na região metropolitana de Porto Alegre. Serão ao todo sete shows.

O cantor, que havia se mudado em 2014 para o Rio, para seu gravar DVD '10 anos de Estrada', agora volta para seu estado natal, o Rio Grande do Sul. Além do bom momento para estreitar sua carreira com o público gaúcho, Binho também pretende se dedicar a sua família, em especial ao seu seu pai, que recentemente precisou de cuidados médicos intensos, e a quem Binho atribui seus primeiros passos na carreira, foi quem lhe deu o seu primeiro violão, aos 9 anos de idade.

Publicidade
Publicidade

"Se Deus lhe der um limão, faça uma limonada", diz Binho

O cantor acabou trocando, por ora, o clima quente e ensolarado do "Rio 40 graus", pelo clima temperado do sul. Binho promete desembarcar com todo o seu talento e musicalidade para esquentar o inverno gaúcho, trazendo um pouco do calor carioca para os pampas, através da #Música.

Para agitar a cena cultural gaúcha, a proposta é levar shows com participações especiais como essas, "que é algo de muita "brasilidade", muito próprio da nossa gente, que reinventar, perseverar, não desistir, em meio as dificuldades", explica o artista, que aproveita para fazer uma paráfrase do seu momento. Apesar das dificuldades que o artista está vivendo, e que compartilhou com o seu público, da situação do seu pai, ele acredita que sempre é possível conseguir virar o jogo e continuar a levar sua música para as pessoas, afinal, o show não pode parar.

Publicidade

#Binho Ribeiro