#bruno gagliasso e #giovanna ewbank estão aparecendo mais na mídia do que nunca. O casal tem se envolvido em algumas questões que tem chamado a atenção da imprensa.

No último sábado (3), eles deixaram um evento como forma de protesto. O fato aconteceu no Rio de Janeiro, quando os atores assistiam uma apresentação do UFC. Ao notarem a presença do político Jair #bolsonaro, conhecido por ser um deputado federal bastante polêmico, Bruno e Giovanna se retiraram do local.

O casal preferiu não chamar a atenção dos organizadores, saíram discretamente e foram assistir à luta em casa. Lá, Bruno postou em sua conta no Twitter: "Já nos meus aposentos, em frente a TV, e bem longe de Bolsonaro".

Publicidade
Publicidade

Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e Titi

Vale lembrar que o casal adotou recentemente uma menina negra, a Titi. Os dois se sentem desconfortáveis com os pronunciamentos de Bolsonaro em relação aos negros, aos gays e pela forma com que o político trata criminosos.

Bruno relatou ao programa "Domingão do Faustão" recentemente a sua indignação em relação aos comentários racistas que sua filha vem recebendo nas redes sociais. O ator que disse ser intolerante ao preconceito, afirmou já ter aberto um queixa policial para averiguar os autores dos ataques.

Polêmica com advogada

Giovanna e Bruno recentemente abriram um processo para investigar sua ex advogada particular, Isabela Brito. O casal afirma que a mulher "sumiu" com 180 mil reais que os atores entregaram a ela para o arremate de um imóvel leiloado no Rio de Janeiro.

Publicidade

A advogada afirmou à Revista Veja que o valor não se tratava de "compra de imóvel" e sim de acertos de honorários, devidos pelos globais.

Em depoimento prestado à polícia, o casal disse que a advogada os convenceu de arrematar o imóvel, com o intuito de revende-lo posteriormente, alegando que a revenda seria fácil.

A atual advogada do casal, Mariana Zonenshen, relatou ainda à revista que ao indagar Isabela sobre o valor do dinheiro, a mesma desconversou e "sumiu". Mariana reforça ainda que o pagamento de honorários no valor de 180 mil deveria, por obrigação, ter um contrato.

Traição

Em 2012, o casamento de Bruno e Giovanna entrou em crise após a atriz descobrir uma traição por parte de Bruno, com Carol Fransischini. No período da relação extra-conjugal, Carol teve um filho, mas exames comprovaram que Bruno não era o pai. Foi aí que o ator percebeu que não deveria "trocar" Giovanna.

Apesar da atriz ter ficado arrasada, ela afirma que viveria tudo de novo para se transformar no casal que eles são hoje.