Um trágico acidente de carro leva mais um de nossos cantores. Na tarde desta sexta-feira, (16), morreu Eliza Clivia, ex-vocalista da banda Cavaleiro do Forró, e seu marido Sérgio. Dentro do carro estava cinco pessoas, com os outros três ocupantes ficando feridos. O veículo foi atingido por um ônibus circular em um acidente de trânsito em Aracaju, capital de Sergipe. O casal ficou preso entre as ferragens e não resistiu, morreu no local. Os demais passageiros estão em recuperação.

Eliza Clívia, de 37 anos, e seu marido, o baterista Sérgio Ramos, estavam em Sergipe a trabalho. Ela estava comemorando seus 20 anos de carreira e seus quatro meses de carreira solo.

Publicidade
Publicidade

O casal viajou para o local para algumas entrevistas antes do show que seria realizado nesta sexta-feira (16). A cantora, seu marido e três amigos do casal voltavam de uma entrevista na TV Aperipê, onde divulgaram o show e a carreira solo.

“Chegamos, Aracaju! Já estamos aqui na TV Aperipê com nosso querido Nivaldo Candido. Daqui a pouco nós estaremos ao vivo para vocês. Segue aí #segurançaemalerta”, disse ela ao chegar ao programa.

No entanto, após o término da entrevista, ao passar no cruzamento entre as ruas Arauá e Maruim, um ônibus bateu na lateral do carro da cantora. Eliza e Sérgio ficaram presos entre as ferragens e não resistiram, faleceram no local.

Os outros passageiros são o motorista Cleberton José dos Santos, de 35 anos; João Paulo da Silva, 32 anos; e Paulo Teixeira, de 38 anos.

Publicidade

Eles sofreram pequenas escoriações e foram levados pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel e Urgência) para o hospital mais próximo.

Quando a notícia chegou para os fãs da cantora, no mesmo instante, começaram a chegar mensagens de lamentações na postagem feita no Instagram. “Nem dá para acreditar, acabei de ver sua postagem com vida e agora estou aqui falando sobre sua partida”, “Lamentável, muito triste com essa notícia”, “Como pode acontecer tamanha #Tragédia em apenas alguns minutos”, “Deixaram tristezas e saudades eternas”, disseram em comentários alguns internautas.

A cantora Eliza veio da Paraíba para o mundo, ela começou sua carreira artística ainda muito jovem. Seu sucesso começou na banda Laços de Amor, onde ficou conhecida nacionalmente. Logo após, foi chamada para cantar no grupo Cavaleiro do Forró.

No grupo, Eliza conquistou fãs e seu sucesso. Com a banda, ela gravou nove álbuns e seis DVDs. A cantora permaneceu no grupo por dez anos. E ela resolveu anunciar sua saída em 2013.

Logo após, juntou-se ao grupo de forró Cavalo de Aço, onde permaneceu até o ano de 2016. Atualmente, Eliza estava tentando a carreira solo e viajava sempre para a divulgação de seu novo trabalho.

Até o fechamento deste artigo, o IML (Instituto Médico Legal) de Aracaju estava aguardando os familiares da cantora e do marido para a liberação dos corpos. De acordo com o Samu, as outras três vítimas continuam internadas e não há previsão de alta.

#Eliza Clívia #Morte