É inegável que o brasileiro tem, em geral, algumas predileções das quais não abre mão, como por exemplo assistir a uma disputa acirrada de #Futebol e apreciar toda a beleza de uma mulher, o que não vem necessariamente nesta ordem. Sendo assim, dentro desse contexto, eis que surge a postagem da bela jovem Carol Portaluppi, que teve a chance de causar um alvoroço na web na última sexta-feira, dia 16 de junho.

Como que por uma ironia, ou um “castigo que vem a cavalo”, Carol é a filha do ex-jogador de futebol e atual técnico do clube do #Grêmio de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o polêmico Renato Gaúcho.

O “castigo” em questão reside no fato do esportista ter namorado algumas das maiores beldades nos anos em que esteve na ativa como jogador de futebol de destaque e agora, tudo indica, cabe a ele afastar a legião de pretendentes de sua garotinha.

Publicidade
Publicidade

Mas enfim, o que Carol Portaluppi fez de tão especial que acabou despertando a atenção dos usuários da web? A filha de Gaúcho postou uma foto na rede social do Intagram, sensualizando vestida com a camisa do Grêmio.

Foi o que bastou para que o meio campista Douglas, que joga pelo mesmo time da torcedora tricolor famosa, fizesse um comentário cheio de graça em relação à postagem Portaluppi.

O jogador está de molho fazendo tratamento para se recuperar o mais rápido possível de uma lesão; entretanto, está longe de perder o bom humor, quando escreveu a seguinte frase: “Essa é minha camisa né?”.

O mais curioso disso tudo é que Douglas parece não ter medo de ficar no banco de reservas do Grêmio, pois Renato, como já dito acima, é o pai da moça e treinador de destaque no Grêmio atualmente. Além do que, a fama do ex-jogador não é nada boa, uma vez que sempre esteve envolvido em uma briga durante a carreira, dentro e fora das quatro linhas do campo.

Publicidade

Enfim, a camisa 10 do Grêmio no corpo de Carol está dando o que falar, uma vez que o jogador do Rio Grande do Sul presenteou a filha do técnico com parte do uniforme do time após a conquista em 2016 da Copa do Brasil.

Naquela ocasião, Carol fez graça falando aos seus muitos seguidores que não tinha a intenção de sortear a camisa, isso porque ela trataria de guardar a peça com muito, mas muito carinho. E com certeza ela é uma mulher de palavra, pois “guardou” mesmo, guardou no peito para a fascinação de uma porção de marmanjos de plantão, torcedores de carteirinha do Grêmio e até entre os fãs do time do #Internacional, os maiores rivais dentro do próprio Rio Grande do Sul.