Depois de se bicarem no programa do apresentador Silvio Santos, Maisa Silva e Dudu Camargo foram a polêmica da semana. No programa, Maisa se referiu ao Dudu como “Engessado"e "Engomadinho", e afirmou que ele força muito.

Com as alfinetadas entre eles no programa, muitos internautas saíram a favor da atriz, mas outros não perdoaram o jeito como ela se referiu ao colega de trabalho. Foi o caso do humorista Evandro Santos, conhecido como Christian Pior, do programa “Pânico na Band”. Ele usou sua conta no Instagram e bombardeou #Maisa Silva.

“Penso que Maisa foi uma chata no programa, boba, sem jogo de cintura e deselegante, além de muito sem educação.

Publicidade
Publicidade

Sou muito mais o Dudu [VIDEO], que diverte o povo e não leva as brincadeiras a sério. Ele tem muito mais carisma com o povo do que ela. Ela é mal-educada, grosseira, muitas vezes com o próprio Silvio e nem um pouco espontânea”, disse o humorista.

E ele não parou por aí. “Ela é toda montada, os programas dela parecem textos decorados e além de não ser nada humilde. Ela não teve espírito esportivo, toda montada, se não sabe deixar acontecer, procura outra profissão, porque já cresceu e nem bonito ficou. Chega de mimimi”, disse.

O humorista falou ainda que detesta gente que não sabe brincar e precisa humilhar os colegas para sair por cima. “Menos Maisa, aprenda com a saudosa Hebe Camargo”, finalizou ele. Em outro post, ele pergunta: “Vocês acham mesmo que o apresentador Silvio, com toda sua experiência de vida, um cara de família, faz programa para família, ia estimular pedofilia, gente? Foi apenas um pedido de selinho, gesto de carinho que qualquer pessoa faz.

Publicidade

Ela não precisava ser grossa como ela foi, poderia usar qualquer tipo de desculpas para evitar, mas não humilhar o colega”, disse.

"Quando se trata de qualquer outro emprego normal, como Banco, escritório ou loja, realmente, ninguém sai dando selinho em ninguém. Mas,p quando se trata de artista, estamos propícios a qualquer coisa, qualquer cena. Atrizes têm cena de beijos em novela, tudo no contexto, combinado, não custava nada ela dar um selinho, custava? Um simples selinho? Por que o chefe pediu? É muito bom ter fama, dinheiro, ser rico, mas na hora que tem que se doar, é aquela velha gratidão”, falou ele.

"Moramos no país do Carnaval, funk, crianças dançam até o chão com músicas da Anitta, Valesca, e Ludmila, músicas que, por sinal, são sensuais. E o povo dando chilique por causa de um selinho. Acorda Brasil, tem louça para lavar”, finalizou. #Dudu Camargo #Pânico na Bande