O jogador Daniel Alves, nascido em Juazeiro Bahia, que está com 34 anos, abrilhantou a madrugada dessa quinta-feira (22). No "Conversa com Bial" deu um show de carisma e simplicidade. O craque conta que sua paixão é na verdade a música, mas claro que ama o futebol. O lateral-direito revela para o apresentador #Pedro Bial a saída do #Juventus, mas ressalta dizendo: "Eu não sei direito ainda o rumo das negociações".

Notícia de primeira mão

#Daniel Alves brinca com Bial dizendo: "Sobre a suposta saída do clube Juventus, é uma notícia de primeira mão que você está me dando. Quando me afastei, deixei minha equipe tratando de tudo, assim que estivesse tudo resolvido, me contactariam.

Publicidade
Publicidade

Caso eu venha sair, saio sem nenhum problema com ninguém, ao contrário do que estão contando por aí".

Teve ou não teve briga?

O ex-apresentador do "Big Brother Brasil" perguntou para o craque se ele teria brigado com Maradona por causa de Messi. "Eu não comprei briga, só gosto do Messi, quando eu jogo com ele, quando não jogo, não tenho aquela rivalidade (risos). Tem que respeitar as rédeas, passar mensagem positiva para aqueles que nos segue, Maradona também tem muitos fãs. Se ele incomodou, não sei. O que ele fala não tem nada a ver com que eu sou. Bate e rebate", declarou Daniel.

Mundo da música na vida de Daniel Alves

O meia-lateral conta que seu pai tinha um clube de música e enfatiza: "Eu nunca tive vergonha de fazer nada, sempre amei viver nesse meio, na vida, nunca se pode deixar de fazer o que se ama".

Publicidade

Nos bastidores do programa "Conversa com Bial", Daniel Alves e Alexandre Pilares criaram música, e logo veio à tona o sonho do jogador em ser músico. O craque conseguiu roubar os olhares do espectadores.

Bial deu a deixa: "Canta pra gente, tem que provar que merece", e no palco o cantor Xandi e o jogador fizeram bonito. No pandeiro, o futebolista estava descontraído e comentou que a música "Perseverança" resume sua vida. O pagodista afirmou que Daniel leva jeito para cantar.

Daniel Alves deixa claro que não gosta de meio-termo. "Se for pra fazer tem que ser bem feito, em respeito a todos os músicos, se eu me propor a ir pra esse ramo vou estudar, para ser um dos primeiros, não quero que venham dizer, era jogador agora quer cantar", afirmou o jogador.

O compositor de pagodes está muito empolgado com a chance de parceria que pode vir a acontecer com o ex-jogador da Seleção Brasileira. Ney Alves, irmão do jogador e o sertanejo Thiago Matheus, também participaram do programa da Rede Globo.