Ao contrário do que acontece nos filmes, nem sempre há um final feliz na vida real. Uma nova lembrança desse fato consternador veio à tona com a revelação de que Henry Deutschendorf, que junto com seu gêmeo Will, interpretou o bebê Oscar em ‘’Caça-Fantasmas 2’’, pôs um fim a sua existência. Segundo Will, seu irmão sofria de transtorno esquizoafetivo, uma desordem mental que combina características de depressão, esquizofrenia e bipolaridade.

Infelizmente, ainda se sabe muito pouco sobre o mal. No filme, lançado no ano de 1989, o bebê Oscar era o filho de Dana Barrett, personagem interpretado pela consagrada atriz Sigourney Weaver, que atuou em filmes da franquia ‘’Alien’’ e em ‘’Avatar’’.

Publicidade
Publicidade

Em ‘’Caça-Fantasma 2’’, os vilões pretendiam usar a criança como hospedeiro para a ressurreição de Vigo, um feiticeiro e tirano europeu do século 16.

Will usou seu perfil na rede social Facebook para falar da morte de Henry. Ele explicou que o irmão sofreu muito com a doença. Ele sofria com alucinações e, embora os medicamentos amenizassem o quadro, eles não conseguiam banir as vozes que o perseguiam. Ele chegou a conviver com 25 vozes, pertencentes a 25 personalidades diferentes, todas hostis a ele.

Outro problema foi o fato de os efeitos colaterais dos remédios terem afetado fortemente Henry, que se sentia cansado, zumbificado e deprimido, além de ter ganhado muito peso. Devido aos efeitos colaterais, mesmo levantar um copo de água podia ser muito difícil para ele. Will explicou ainda que desde que o problema do irmão foi diagnosticado, Henry fez tudo o que pôde para tratar-se, combater os sintomas e viver sua vida tão plenamente quanto possível.

Publicidade

Infelizmente, a doença acabou por vencê-lo.

Os dois gêmeos, que são sobrinhos do músico John Denver, eram instrutores na Academia de Artes Marciais da Costa Oeste, que eles fundaram. Segundo Will, ele se lembrará do irmão sempre como seu melhor amigo e parceiro, seus pais lembrar-se-ão sempre dele como um filho amoroso, a namorada do falecido irá pensar nele como alguém que a fazia se sentir a pessoa mais importante do mundo e os filhos de Will pensarão nele como o tio divertido e sempre disposto a brincar com eles.

Henry, resume o irmão, sempre estava pronto para ajudar qualquer membro da família que precisasse. Os estudantes da academia, segundo Will, que prosperou em grande parte graças ao talento do irmão, se lembrarão de Henry como um mentor.

Henry foi encontrado morto em sua casa em Escondido, no estado americano da Califórnia, no dia 14 passado, mas a morte somente foi revelada agora. Em honra da memória do rapaz, a família dele está ajudando a Fundação de Pesquisa do Cérebro e do Comportamento a arrecadar recursos para pesquisas científicas. Will acrescentou que sente que é importante aproveitar esse momento de dor para conscientizar as pessoas sobre prevenção de suicídio, bipolaridade e esquizofrenia. #trágico #caça fantasma #Ex-ator mirim