#Emilly e Marcos Harter formaram o casal mais polêmico da mais recente edição do reality show Big Brother Brasil. A gaúcha e o cirurgião figuraram alguns momentos românticos e muitos momentos de tensão entre eles.

Harter organizou recentemente um leilão beneficente em que peças usadas no programa seriam vendidas de acordo com o lance mais alto. A ideia é reverter o valor das vendas para instituições de caridade das cidades dos compradores.

Surpreendente foi saber que dentre os objetos leiloados havia uma peça de Emilly, já que a relação do casal terminou de maneira bem hostil. O objeto em questão é um abadá que a vencedora do BBB 17 teria usado durante a festa de tema “Frevo” do programa.

Publicidade
Publicidade

Na roupa está bordado o apelido da menina, Emy, à frente, e nas costas a inicial ‘E’. A peça foi arrebatada por uma compradora de São Paulo, chamada Cleonice, que ofereceu 11 mil reais pela roupa.

Fãs comentam sobre a venda da peça no leilão

Quando Marcos anunciou a peça a ser leiloada em suas redes sociais, a movimentação dos fãs foi imediata. Muitas pessoas relembraram a relação do casal, e aproveitaram para lamentar o fim do namoro.

Os dois competidores viveram uma relação conturbada dentro da casa, que acabou em caso de polícia. Na reta final, Marcos e Emilly tiveram uma discussão feia. Na ocasião, Marcos acuou a menina para um canto, e apertou o seu braço.

Os espectadores partiram em defesa da jovem, de apenas 21 anos, e afirmaram que ocorreu ali uma agressão.

Publicidade

A Rede Globo decidiu averiguar o caso, e convidou uma delegada especializada em violência contra a mulher para analisar os vídeos.

Diante da confirmação da agressão, Marcos foi repentinamente expulso do programa, tornando Emilly, Vivian e Ieda as finalistas da atração. Uma semana depois a jovem faturou a premiação.

Enquanto isso, Marcos se preparava do lado de fora para responder na Justiça pela situação.

Larissa Manoela critica Emilly por foto alterada

Emilly Araújo passou por outra situação desagradável essa semana. Ela estava passeando em um shopping no Rio de Janeiro em que a atriz Larissa Manoela se preparava para fazer uma tarde de autógrafos, e receber alguns fãs.

Quando viu a multidão de jovens à espera de Larissa, Emilly teria fotografado e publicado como se os fãs estivessem à espera dela. O mais grave, no entanto, foi que a ex-sister chegou a borrar o nome de Larissa em várias faixas que eram usadas, para não dar indícios de que os fãs não eram seus.

De fato, os fãs da atriz de "Carrossel" assediaram a ex-BBB, conforme aparece nas fotos, mas o motivo de estarem lá era pelo ídolo teen.

Em entrevista ao "Fofocalizando", Larissa comentou sobre o episódio, e disse que foi uma falha de Emilly e da irmã gêmea Mayla, que tem dividido a fama com a vencedora, riscarem o nome dela das faixas nas testas dos fãs. #Marcos Harter #BBB Big Brother Brasil