Nesta terça-feira (27), o ex-Polegar Ricardo Costa acabou sendo preso acusado de um crime envolvendo o filho, de apenas nove anos de idade. De acordo com o portal de notícias G1, a prisão aconteceu no município de Taubaté, no estado de São Paulo. Ricardo Costa é acusado de deixar de pagar uma pensão alimentícia que, com os valores somados, já chega a R$ 12 mil. O músico teve a criança, que não teve o nome relavado, com sua primeira companheira. O drama chegou a virar assunto na televisão.

Ex-Polegar recebeu ajuda de Rodrigo Faro, mas não foi suficiente

O apresentador Rodrigo Faro, em 'A Hora do Faro', visitou o músico e contou o drama para todo o país.

Publicidade
Publicidade

Na época, uma quantia em dinheiro foi dada para Ricardo pagar suas dívidas. Mesmo assim, ele não teria quitado sua pendência com o filho. O G1 informou ainda que o cantor deve ficar preso, até que o juiz determine um novo acordo para que uma nova quantia seja paga por Ricardo, que nega ter esse dinheiro. Ele estaria devendo vários meses de pensão alimentícia.

Ricardo Costa vende food truck por mais de R$ 100 mil

Não é a primeira vez que Ricardo entra em uma polêmica por não pagar a pensão. A defesa de sua ex-mulher já havia negociado com ele o pagamento da dívida de R$ 12 mil. O cantor, que fez sucesso na década de 1990, chegou a pedir que a quantia fosse parcelada em vinte vezes e, em seguida, comprometeu-se a pagar os novos meses à vista.

Ainda em juízo, o músico teria dito que, a fim de conseguir ter dinheiro para pagar suas dívidas, ele venderia o food truck que recebeu em uma atração da televisão.

Publicidade

Ricardo contou que, ao conseguir vender o veículo, quitaria a dívida a vista. Ele chegou a anunciar a venda do food truck por R$ 145 mil na internet. O caminhão teria sido vendido, mas mesmo assim o artista não pagou a sua dívida.

Ex-mulher foi quem pediu a prisão de ex-Polegar

Segundo o advogado da ex-mulher de Costa, Hélio Barbosa, há cerca de duas semanas a Justiça foi notificada sobre a venda do veículo e o atraso no cumprimento do acordo. Mesmo com todo esse tempo, o cantor não tentou um acordo ou tentou explicar o que teria acontecido com o dinheiro. Dessa forma, Hélio Barbosa decidiu pedir a prisão do profissional da música. O G1, que deu repercussão ao caso, afirma que tentou o contato do advogado do ex-Polegar, mas que até a publicação da reportagem, ninguém havia respondido aos contatos do portal de notícias.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante. #Famosos