Artistas, esportistas, músicos e tantos famosos costumam gostar de aparecer no Domingão do Faustão, da Rede Globo, para se divulgarem e mostrarem seus trabalhos, isso porque, sem dúvida, é um dos programas de maior audiência na televisão brasileira. Então, qualquer oportunidade que tenham de se apresentar para milhões de pessoas é visto com euforia para os que querem exposição na mídia.

Mas diferente da maioria, um ídolo nacional confessou nesta semana que foi forçado a ir ao programa. Trata-se do bicampeão olímpico de #Vôlei #Serginho, conhecido também como ''Escadinha''. Segundo ele, havia acabado de voltar de uma competição cansativa e gostaria de ficar em casa com família naquele momento.

Publicidade
Publicidade

Fez questão de deixar claro que não tinha nada contra o apresentador Fausto Silva, e sim que situação não era da mais favorável.

''Estávamos voltando de Atena, da Olimpíada, eu sempre fui muito bairrista, queria ficar em Pirituba [distrito da cidade de São Paulo] empinando uma pipa, queria ficar com a rapaziada na rua. Mas chegaram e falaram que eu tinha que ir, me colocaram dentro van. Me levaram forçado. Eu fiquei p***. Cheguei e estavam os outros caras da seleção, mas eu não queria ir. Fazia três meses que estava fora de casa, e eu loco para tomar minha tubaína, fazer um gato assado. Fiquei realmente bravo, perdi um domingo, ia jogar um futebol de várzea. Mas tive que ir no Faustão [VIDEO], fiquei de cara fechada, mas não é porque eu odiava o Faustão'', disse o atleta para o programa Pânico na Rádio, da Jovem Pan.

Publicidade

Veja o vídeo da reclamação feita por Serginho durante o programa:

Livro

O líbero esteve no Pânico, nesta quarta-feira (28), para divulgar seu livro: ''Degrau por Degrau - A Trajetória de Serginho, de Pirituba ao Olimpo'', que será lançado nos próximos dias. Na obra, ele fala das dificuldades que passou em sua carreira para conseguir chegar aonde chegou.

Um dos momentos emocionantes que ele conta nessa entrevista é o presente que deu para mãe. Ele revela uma promessa quando ainda estava no começo de sua trajetória de dar uma casa para ela, que não acreditou nele.

Quando finalmente obteve o suficiente para o imóvel, construiu tudo escondido, para ninguém saber, e de surpresa entregou a chave para ela. O mais interessante é que em troca pediu a casa na qual eles sempre moraram, para nunca se esquecer das origens.

Outro ponto falado durante essa conversa no Pânico é a primeira convocação. Serginho lembra que quando contaram, não acreditou que havia sido escolhido por Bernardinho. Recorda da primeira concentração, na qual dividiu o quarto com seu maior ídolo no esporte, o levantador Maurício Lima. Emocionado, Serginho conta que foi logo pedindo uma foto para uma de suas maiores inspirações no vôlei. #Faustao