Seis anos separam a última atuação de Guilherme Webber na TV para o novo trabalho, a novela Pega Pega, que estreou nessa terça-feira (6), no lugar de Rock Story. Antes disso, Weber esteve no ar em 2011, com o personagem Aloísio, na telenovela Passione.

Agora, no entanto, ele dará vida ao personagem Douglas, que é o gerente homossexual sério durante o dia, e a noite é uma Drag Queen. Douglas também administra uma casa noturna voltada para o público gay, e terá grande participação na trama. A história é escrita por Claúdia Souto.

A novela terá como pano de fundo um luxuoso hotel chamado Carioca Palace, onde a maioria dos personagens, inclusive o personagem de Weber, trabalha.

Publicidade
Publicidade

A trama se desenvolve a partir de um roubo milionário que ocorre no local, e que tem participação de três funcionários. Douglas é o gerente do hotel, que foi promovido depois de anos de dedicação a empresa.

Além disso, ele administra durante a noite a boate Strass, e é o local onde dá vida a sua Drag Queen, além de receber várias outras como convidadas e atrações da casa.

O ator Gabriel Sanches também viverá a Drag Queen Rúbia, que trabalha na boate dirigida por Douglas, e terá grande participação no núcleo da personagem.

Rúbia e Douglas serão muito amigos na trama, o que vai despertar diversos comentários maldosos entre os funcionários do carioca Palace, já que o personagem de #Guilherme Weber é conhecido pela sua seriedade.

O jovem ator Gabriel Sanches, que antes assumiu apenas pequenas participações em atrações de TV, está empolgado com a ideia de assumir um papel que terá presença em todo o decorrer da novela.

Publicidade

Guilherme Weber teve sucesso em sua estreia como diretor cinematográfico

Cinéfilo de carteirinha, o ator teve sua primeira experiência à frente de um longa-metragem no final de 2016, quando dirigiu o filme “Deserto”, estrelado por Lima Duarte.

O longa-metragem foi apresentado no 49° festival de Brasília do Cinema Brasileiro, e foi muito aclamado pela crítica. Na trama, uma trupe de artistas viaja pelo árido sertão brasileiro sem muitas esperanças.

Ao se depararem com uma pequena cidade completamente deserta, de onde brota uma fonte de água límpida, os artistas decidem se instalar no local e fundar uma nova comunidade.

Para fugirem de seus passados errantes, no entanto, eles optam por assumirem, cada um, um novo personagem, que terá um diferente papel na sociedade que decidem criar.

O filme foi sucesso de crítica, e rendeu a Guilherme Weber muito prestígio no universo cinematográfico. Com teor absolutamente político, durante divulgação desse trabalho, Weber falou abertamente em entrevistas a respeito de sua posição política e o descontentamento com o governo de #Michel Temer. #pega pega