Infelizmente a #cantora de forró Eliza Clivia e seu marido, o baterista Sérgio Ramos, morreram na tarde desta sexta-feira (16), em virtude de um #Acidente automobilístico no centro da cidade de Aracajú, capital de Sergipe.

De acordo com o portal de notícias online jornal Extra, Eliza estava em Aracajú para divulgar seu show que aconteceria na noite desta sexta-feira, naquela cidade. A cantora tinha a agenda repleta de compromissos durante o dia de hoje, entre elas, entrevistas para divulgação do seu trabalho.

Morte no trânsito

Eliza Clivia, de 36 anos, chegou na cidade de Aracajú na manhã desta sexta-feira e tinha alguns compromissos para a divulgação de seu trabalho, ela tinha acabado de sair de uma rádio local, onde deu entrevista e estava a caminho de uma emissora de TV, quando o carro onde ela estava com mais quatro ocupantes foi atingido por um ônibus.

Publicidade
Publicidade

Infelizmente ela e seu marido vieram a óbito, os outros três passageiros foram socorridos com vida e encaminhados para unidades de saúde próximas ao local do acidente.

O acidente aconteceu no centro da cidade Aracajú, no cruzamento entre as ruas Aruá e Maruim, no Centro de Aracaju, foi nas esquinas destas ruas que aconteceu batida entre o carro de passeio e o ônibus.

De acordo com a empresária, Kelly Paiva, que cuidava da carreira da cantora de forró, a família de Eliza ficou sabendo da morte dela, através de mensagens que chegaram pela rede social WhatsApp, que inclusive mostrava imagens do acidente.

Kelly afirmou que ainda vem tentando entender o que aconteceu, ela disse que Eliza estava cheia de planos e muito feliz com sua carreira solo. A empresária também ficou sabendo da morte da cantora através de um grupo do WhatsApp.

Publicidade

A cantora e o marido morreram no local e os corpos foram levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Aracajú.

Pouco antes do acidente a cantora tinha postado uma foto no WhatsApp, onde aparecia feliz durante uma entrevista. Os demais ocupantes do veículo eram integrantes da banda da cantora.

Além de ser vocalista na banda "Cavalheiros do Forró", Eliza também esteve a frente da banda "Cavalo de Aço", onde ela emplacou um dos seus maiores sucessos, a música "Alô".

A morte da cantora causou muita comoção nas redes sociais entre seus fãs, que lamentavam a morte trágica e precoce da forrozeira e de seu marido. Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos no acidente e nem informações sobre o velório e enterro de Eliza e Sérgio. #Forró