Morreu, no início da tarde desta sexta-feira (16), aos 37 anos de idade, a cantora e ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, #Eliza Clívia.

O #Acidente fatal ocorreu na cidade de Aracaju, SE, onde a cantora e sua equipe se encontravam, após terem participado de um programa de TV local para divulgação de um show que aconteceria na noite de hoje.

Além da cantora, outras quatro pessoas foram vítimas do acidente, são eles: Paulo Teixeira de Carvalho, de 38 anos, que não fraturou nenhum membro e apresentou apenas uma dor na região lombar. Ceberton José dos Santos, de 35 anos, que também não apresentou sinais de fraturas, mas teve um sangramento no ouvido.

Publicidade
Publicidade

João Paulo Tavares da Silva, de 32 anos, que também estava sem sinais de fratura, apresentando apenas dores no tórax. E por fim, Sérgio Ramos, baterista e marido de Eliza, que foi a outra vítima fatal do acontecimento.

O acidente aconteceu na esquina das ruas Maruim e Arauá, localizadas no Centro da capital sergipana. O carro em que a cantora e as demais vítimas estavam foi atingido em cheio na lateral por um ônibus. Confira o acidente no vídeo a seguir.

Eliza e o marido faleceram no local e o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção dos corpos e a perícia. As demais vítimas foram resgatadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foram encaminhadas ao Hospital de Aracaju.

A notícia rapidamente viralizou pela internet, e fãs lotam com mensagens de pesar e surpresa, a página oficial do Instagram da cantora.

Publicidade

"Muito triste. Um grande talento que se vai. Sempre carinhosa com os fãs. A música perdeu uma grande voz. #JesusConforteaFamília", lamentou uma seguidora.

"Nossa que tristeza! Sempre acompanhei a carreira dela e estou sem acreditar. Uma cantora brilhante. Que Deus coloque em um bom lugar", escreveu uma fã.

Carreira

Eliza Clívia nasceu na cidade de Livramento, interior do estado da Paraíba. Começou sua carreira musical na banda 'Laços de Amor'. Em 2003, aos 23 anos, entrou para a banda 'Cavaleiros do Forró', banda em que ganhou grande destaque e na qual permaneceu durante dez anos. Em 2013, por questões salariais, Eliza anunciou o seu desligamento da banda. Ainda nesse mesmo ano, ela passou a fazer parte de outra conhecida banda de forró, a 'Cavalo de Aço', na qual permaneceu até o início de 2017. Eliza decidiu sair da banda para investir numa carreira solo, que ia muito bem, com diversos shows marcados pelo Nordeste.

As informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgadas.

Vídeo de uma das apresentações de Eliza na banda Cavaleiros do Forró.

#Cavaleiros do Forró