O médico cirurgião plástico Marcos Harter ficou conhecido em todo o país por conta de uma traumática participação na décima sétima edição do 'Big Brother Brasil'. Nessa quarta-feira (7), o Ministério Público do Rio de Janeiro recorreu sobre o caso de violência doméstica ocorrido enquanto ele esteve na décima sétima edição do '#Big Brother Brasil'. Marcos foi expulso do reality show acusado de agredir sua companheira dentro do programa, Emilly Araújo. Caso fosse julgado em cima de violência doméstica, Marcos poderia pegar até três anos de detenção. A Justiça havia desqualificado as denúncias e não havia enquadrado os atos cometido por Marcos como crimes de violência doméstica.

Publicidade
Publicidade

Ministério Público recorre para que Marcos responda a crime de violência doméstica contra Emilly

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) não concordou com essa visão. A entidade decidiu recorrer e solicitou que o cirurgião plástico responda por crime de violência doméstica. Por isso, a entidade entrou com um pedido de averiguação da sentença que envolve a vencedoraa do 'Big Brother Brasil', Emilly Araújo.

Para tal decisão, a entidade deve se basear nos vídeos no programa e nas duas denúncias já oferecidas contra o cirurgião plástico. Uma delas foi manifestada pela polícia civil do Rio de Janeiro. A outra ficou por conta do próprio Ministério Público. Lembrando que, na época da denúncia, Marcos chegou a ser alvo da polícia ainda no programa. A Delegacia Especializada na mulher chegou a mandar um representante para tomar informações sobre tudo dentro da casa mais vigiada do país.

Publicidade

Um médico teria atestado, inclusive, que Emilly tinha hematomas pelo braço.

Marcos e Emilly vivem rotinas bem diferentes após o BBB 17

Apesar de todo o inferno astral, Marcos tem mostrado ser mais sortudo que Emilly após acabar a atração da Rede Globo. Ele tem ficado com o consultório lotado e viu muitos internautas se aproximarem dele. Alguns pagariam até os valores da consulta, em torno de R$ 1.200, apenas para poderem conversar com o bonitão. Já Emilly Araújo ficou com fama de "gastona". Ela chegou a ter alugado um flat por mais de 10 mil reais por mês, mas depois voltou atrás. Muita gente tem medo que, rapidamente, Emilly volte a ser pobre. Há quem acredite que Araújo precise da ajuda de um profissional.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes.