O ator e apresentador #Rodrigo Hilbert, de 37 anos, marido da apresentadora Fernanda Lima e pai de dois filhos, sempre mostrou ser um homem muito família. Mas um fato que aconteceu em seu programa, já há algum tempo, o deixou em maus lençóis. Ele foi intimado a depor na Delegacia de #Polícia, na Zona sul do Rio de Janeiro. Ele vai ter que esclarecer um episódio do programa “Tempero de Família”.

O apresentador causou polêmica ao abater um filhote de ovelha e mostrar toda a ação no programa. Ele foi denunciado pela ONG de proteção aos animais de Santa Catarina. No programa foi exibido em março de 2016, o apresentador mostrou a realidade dos produtores rurais da cidade de Santa Catarina.

Publicidade
Publicidade

A cena mostrou Rodrigo na fazenda, onde ele aparece abatendo uma ovelha. Depois, ele e o fazendeiro do local arrancam a pele do animal e cortam a carne, dividindo em vários pedaços. Em vários momentos, aparece o sangue do animal escorrendo para uma bacia. Esse fato chocou os internautas. Com a repercussão negativa, os internautas fizeram um abaixo-assinado online e pediram que retirasse o programa do ar. Alegaram que ele foi um assassino. "Matou sorrindo, psicopata, monstro. Crianças assistem a esse programa, viram e choraram”, são trechos do texto da petição.

O apresentador pediu mil desculpas para todos que assistiram e viu como uma negatividade para a vida dele.

“Não foi intenção dos meus produtores e nem minha atingir os telespectadores com tal violência citada pela ONG, foram apenas registros do dia a dia dos produtores rurais que lutam todos os dias para criar e dar o de melhor para suas famílias.

Publicidade

Mas, nós também respeitamos os que se manifestaram contra a cena do programa, e para evitar maiores problemas, resolvemos retirar as imagens que mostram o momento do abate do animal. Levo comigo esse fato como aprendizado, eu acreditava chamar a atenção para as pessoas conhecerem as procedências dos animais, tal como, consumidos em nossas casas. Pensei estar passando mensagem de conscientização, mas vi pessoas me odiarem por isso”, escreveu ele.

O caso foi registrado na delegacia de São Joaquim, na cidade onde foi gravado o programa, em Santa Catarina. Mas Rodrigo vai poder comparecer na delegacia próxima a sua residência. A data ainda não foi definida, mas, tudo indica ser ainda essa semana.

A assessoria do artista, disse que o caso já foi explicado na época pelo ator. Disseram que ele não irá se pronunciar sobre o assunto enquanto não fazer seu depoimento para a polícia.

#FernandaLima