Juliana Paradela, que é mulher do jogador de futebol Luís Fabiano, o qual atuou em times de sucesso tanto fora quanto dentro do Brasil (atualmente o esportista joga pelo #Vasco da Gama, clube carioca), se utilizou de sua rede oficial do Twitter na tarde do dia 15 de junho para chamar sobre si a responsabilidade dos desvios da boa conduta no trânsito e infrações cometidas nos últimos quase 2 meses com o automóvel Mercedes do marido Luís.

Inclusive há dois dias, o jogador estava dirigindo esse mesmo carro, quando se tornou o protagonista de um acidente indo para o treino no Vasco, no bairro de São Cristóvão. Para resumir, em menos de 90 dias, de acordo com informações veiculadas pelo blog “Extracampo” ainda nesta quinta-feira, já foram emitidas 18 multas endereçadas ao futebolista; sendo que, 17 delas em função do excesso de velocidade, o que é algo muito grave no código do trânsito.

Publicidade
Publicidade

Enfim, a punição financeira até o presente momento já contabilizou R$ 3.386,58, valor esse irrisório para Luís Fabiano, mas que pode revelar o comportamento perigoso do mesmo e de sua esposa na direção; e logo ele que deveria funcionar como exemplo às gerações mais novas e cuidar da boa convivência segura na sociedade em que está inserido.

Para piorar a situação, de forma muito descabida, para não dizer no mínimo mal educada, além de estar errada, Juliana Paradela respondeu de modo malcriado à jornalista do blog dizendo o seguinte: "Querida quem tá voando sou eu, o carro é meu, as multas são minhas, a errada sou eu não meu marido! Se informe melhor antes de falar mentira", tudo isso porque Extracampo fez as denúncias em relação à pessoa do “Fabuloso”.

Paradela realmente mostrou que não tem papas na língua e disse ter pena da colunista, que, segundo ela, só quer aparecer, está mal informada e é uma incompetente, muito da mal amada.

Publicidade

Mas será que as palavras da esposa do grande jogador de futebol são procedentes? Até mesmo porque as leis, não só no trânsito, mas de como se portar em grupo civilizadamente, deveriam ser acatadas por todos sem distinção e não é nenhum motivo de orgulho, para absolutamente ninguém, confessar que de fato agiu ou age errado.

É importante que seja frisado que o blog em questão não havia afirmado até agora que o jogador seria o responsável pelas multas ou o proprietário do carro autuado diversas vezes. O Extracampo também não estabeleceu nenhuma correlação sobre quem teria sido o autor do acúmulo de 80 pontos na carteira de motorista em somente 80 dias.

O show de infrações foi cometido principalmente na Avenida das Américas, no bairro nobre da Barra da Tijuca, onde algumas das imprudências no trânsito chegaram a ser cometidas mais de uma vez no mesmo dia. #LUIS FABIANO #Futebol