A atriz Nicette Bruno esteve, nesta quinta-feira (22), no ‘’Encontro’’, programa apresentado por Fátima Bernardes na Rede #Globo de Televisão. A atriz lembrou histórias do passado, como o seu relacionamento com o ator Paulo Goulart.

No entanto, uma situação polêmica acabou chamando a atenção de todos. Uma mulher começou a fazer comentários homofóbicos na atração e deixou a atriz veterana com cara de assustada.

Uma das pessoas da plateia disse que não conseguiria aceitar que sua filha fosse homossexual e que tentaria conversar com ela para tentar reverter essa situação. O comentário acabou ganhando grande repercussão nas redes sociais, pois a atriz decidiu se pronunciar e surpreendeu com o seu posicionamento moderno a respeito do tema.

Publicidade
Publicidade

Convidada de Fátima Bernardes diz que não é preconceituosa, mas que não aceitaria filha, caso ela fosse gay

A mulher da plateia disse que tentaria procurar um especialista para desenvolver a aceitação em sua cabeça e garantiu que não era preconceituosa, mas que era da filha dela que estava falando, dando a entender que seu gesto era uma sinal de cuidado. Nicette Bruno, que estava no palco da ex-mulher de William Bonner, decidiu não ficar calada e tratou de rebater a mulher que estava falando.

Ela deu uma lição da mulher que se dizia normal e não preconceituosa. Fátima Bernardes não impediu que Nicette desse sua opinião. Bruno disse que ninguém é obrigado a ser igual a ninguém e que tem o direito, é claro, de terem também a própria individualidade.

Nicette Bruno diz que sexualidade não é pecado e que Deus é vida

Nicette, que pode ser vista na novela das sete ‘’Pega Pega’’, garantiu que as pessoas são únicas e têm direito a terem o próprio caminho.

Publicidade

Em seguida, ela citou o fato da convidada do ‘’Encontro’’ achar a homossexualidade uma coisa estranha, como se fosse um pecado, ou um defeito.

Ela deu a melhor resposta e acabou sendo aplaudido por aqueles que ouviam o relato. "Não é (a homossexualidade um defeito). Meu Deus, é a vida”, disparou ela, que ainda continuou a tentar abrir a cabeça dessa mãe. Bruno garantiu que a mulher poderia ter dez filhos e que todos eles teriam características próprias.

Ela garante que não são eles que têm que mudar, mas, sim, a mãe que entender a individualidade e o jeito de cada um. Em seguida, ela falou que essa é a função da vida.

A famosa, então, discordou que a convidada da plateia não era preconceituosa. "É um problema de preconceito, sim, e isso vem de muito tempo. Isso é incutido nas pessoas desde muito cedo”, explicou a profissional da dramaturgia. #NicetteBruno #Famosos