O Brasil está acompanhando fielmente a luta do apresentador Marcelo Rezende contra o câncer de pâncreas. Essa #Doença é dividida em apenas dois grupos: os tumores exócrinos, que brotam nos dutos que são os responsáveis pela produção de enzimas que cooperam com a digestão; e os endócrinos, que se desenvolvem nas células responsáveis pela produção de hormônios, como a insulina.

Entre os exócrinos encontra-se o adenocarcinoma, um tumor bem comum, responsável por aproximadamente 90% dos casos registrados de câncer de pâncreas. Isso costuma acontecer por duas razões: as células cancerígenas podem se multiplicar de um jeito muito rápido e, infelizmente, não existem exames preventivos que detectam precocemente esse tumor.

Publicidade
Publicidade

Em uma entrevista realizada recentemente pelo programa 'Domingo Espetacular', da TV Record, o apresentador contou que está com câncer no pâncreas e no fígado. Ele revelou quais eram os sintomas da enfermidade e disse que quando tudo começou ele passou a sentir muito cansaço e falta de apetite. Depois de realizar vários exames, o triste diagnóstico chegou: um maligno tumor no pâncreas, que se espalhou para o fígado.

Logo após o diagnóstico, Marcelo iniciou o tratamento, decidindo também fazer um retiro espiritual de aproximadamente sete dias para ter forças espirituais e se fortalecer espiritualmente.

Depois de algumas sessões, o apresentador decidiu abandonar o tratamento de quimioterapia, recorrendo a uma alimentação sem carboidratos, mas rica em gorduras e proteínas, que tem o único objetivo de “matar as células de fome” e, dessa maneira, diminuir o fornecimento de glicose.

Publicidade

Saiba como funciona a dieta do apresentador

Conforme explica uma pessoa próxima ao apresentador, ele está muito otimista com o novo tratamento alternativo e, de acordo com informações do colunista Daniel Castro, essa dieta alimentícia foi desenvolvida pelo cardiologista e nutrólogo Lair Ribeiro.

O especialista adverte que essas células cancerígenas só se alimentam de açúcares, e tendem a apresentar uma grande regressão quando a glicose é definitivamente cortada da alimentação. Mesmo abandonando a quimioterapia e apostando nesse novo tratamento, o apresentador do programa 'Cidade Alerta' diz não temer a morte.

O apresentador só realizou um ciclo de quimioterapia

Normalmente, o paciente realiza uma semana de quimioterapia e repousa por até três semanas, por causa dos efeitos colaterais que o forte tratamento oferece. Para os amigos próximos, Marcelo contou que prefere combater a doença por meio dessa dieta e não pretende voltar a fazer o tratamento especializado.

Ele também desmentiu os boatos que diziam que ele estaria à beira da morte.

Publicidade

#Marcelo Rezende tem viajado para Minas Gerais e em uma dessas viagens contou com a companhia da sua filha mais velha, Patrícia Andriessen.

Seu grande amigo e admirador, Geraldo Luis, compartilhou uma imagem do livro “Anticâncer – Prevenir e Vencer Usando Nossas Defesas Naturais”, escrito pelo médico francês David Servan-Schreiber. Em seu trabalho, ele indica a dieta adotada pelo apresentador, porém revela que um tratamento não substitui o outro. #Famosos