O pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus, conhecido como Apóstolo, #Valdomiro Santiago, se envolveu em mais uma polêmica, e dessa vez o pastor conseguiu a indignação dos fãs do jornalista #Marcelo Rezende, afastado da TV #Record para tratar de um câncer no pâncreas e no fígado.

Acontece que, segundo críticos, o pastor resolveu insinuar em alguns cultos que a doença teria sido causada por uma espécie de "castigo de Deus" [VIDEO]. O apóstolo comentou que "o demônio está comendo o fígado e o pâncreas" em alguns vídeos que circulam na internet.

Segundo rumores, esta frase é uma insinuação a Marcelo Rezende, e se confirma nas teses virtuais que de fato trata-se de uma insinuação, pois o mesmo revela "um malfeitor me maltratou no passado", que segundo os fãs de Marcelo, trata-se de uma reportagem feita por Rezende sobre a conduta da Igreja e da vida pessoal de Valdomiro na Record.

Publicidade
Publicidade

Assista um dos vídeos que levantou essa tese nas redes sociais.

Sobre as reportagens de Marcelo Rezende

Em uma reportagem que foi ao ar no passado, no programa Domingo Espetacular, Marcelo e sua equipe investigavam a Igreja Mundial, o que causou o desagrado do líder da Igreja.

Valdomiro afirma ainda em um dos vídeos que a mãe de Deus hoje pesa sobre o jornalista, e que o mesmo "secaria" como uma erva, devido ter "mexido" com ele.

Valdomiro Santiago é amado por uns e odiado por outros nas redes sociais. O pastor é constantemente criticado por sua conduta em relação ao dízimo do qual os fiéis entregam em sua igreja.

Outras polêmicas

A facada

Recentemente Valdomiro Santiago sofreu um ataque, que lhe gerou uma lesão no pescoço por uma arma branca (faca).

Poucos dias depois, o autor do crime foi preso, e em declaração disse que atentou sobre o pastor por conta de uma mágoa do passado.

Publicidade

O rapaz afirmou que o apóstolo havia o provocado dizendo "vamos crucificar ele", fazendo menção ao agressor.

Em nota Valdomiro Santiago relatou que o perdoa, e que já havia sofrido ataques piores do que a facada.

A polêmica começa quando é noticiado na mídia que o apóstolo havia começado uma campanha com sua camisa ensanguentada, para supostamente curar fiéis.

O dízimo de 1 mil

No mês passado, Valdomiro entrou novamente em polêmica.

Segundo o site Catraca Livre, Valdomiro havia começado uma nova campanha em sua igreja. Nessa campanha era pedido por ele uma quantia de 1 mil reais. O que mais uma vez, causou rebuliço nas redes sociais.

E então o que você acha?

Acha que o Valdomiro está correto em se afirmar em Deus? ou acredita que ele exagerou nas declarações?

Compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário.