O ex-casal de atores #Angelina Jolie e #Brad Pitt mais uma vez causam rebuliço no cenário de Hollywood. E desta vez o drama é uma cláusula que a atriz quer incluir no documento de #Divórcio de Brad, impedindo que o ator se relacione com outras mulheres publicamente por dois anos.

Para o site HollywoodLife, essa medida protegeria os filhos de uma possível decepção ao verem que seu pai está refazendo a vida, como se não se importasse com a separação.

Medida assim, foi aprovada em relação ao ex-casal Tom Cruise e Kate Holmes, em 2012, onde supostamente Tom havia "proibido" Kate de assumir novos relacionamentos por alguns anos.

Publicidade
Publicidade

Ao que tudo indica essa medida será aprovada pelos dois sem muitos problemas, já que Brad parece estar disposto a proteger os filhos, como publicado pelo site Purepeople em outubro do ano passado, no qual a notícia dava conta de que Brad Pitt havia faltado a audiência para atrasar a decisão judicial do divórcio, propositalmente com o intuito de proteger os filhos.

Apesar de que hora ou outra levantam-se rumores de que Brad Pitt esteja namorando, nada ainda foi confirmado pelo ator ou amigos.

No mês passado, o ator de Hollywood deu uma entrevista pra lá de interessante. À revista GQ American, Brad falou bastante sobre o divórcio. O galã, disse que seus problemas com o álcool contribuíram para o relacionamento com Angelina chegasse ao fim.

Na mesma entrevista, Pitt negou algum problema depressivo como noticiado por alguns jornais, ele disse que não tem nenhum problema dessa natureza, mas que se agarra aos filhos para superar o divórcio.

Publicidade

O divórcio do ex-casal é avaliado em em R$ 19 milhões, e isso refere-se a apenas 1% do total dos bens somados entre eles.

Brad e Angelina são donos de uma fortuna avaliada em R$1,6 bilhão, eles ainda contrataram um juiz particular, para garantir o sigilo das informações confidenciais referentes aos documentos.

Especialistas afirmam ainda que mesmo contando com recurso de um juiz particular, ainda assim o divórcio pode demorar a sair, pois, muitas questões são levadas em consideração nesse processo em especial.

Angelina Jolie e Brad Pitt são pais de seis filhos, três são adotados e outros três são biológicos, a herança portanto será divida entre os seis, em valor igual independente da origem dos filhos.

O casal, que recentemente voltou a se falar, não se importa em falar sobre a separação, mas evita ao máximo a exposição dos filhos na mídia.