Você se lembra do caso envolvendo a modelo Luiza Brunet? A famosa foi agredida e chocou o Brasil ao revelar que tudo foi cometido pelo seu então companheiro, o empresário Lírio Parisotto. Nesta segunda-feira (5), o G1, portal de notícias da Rede Globo de Televisão, noticiou uma reviravolta no caso.

Lírio Parisotto acabou ganhando uma condenação dura da Justiça. Ele foi condenado a um ano de prisão, mas com um detalhe. O bilionário, que trabalha com diversos ramos de negócios, cumprirá a pena em regime aberto. A assessoria de imprensa de Luiza confirmou a informação. Brunet se vê aliviada com a decisão assinada por uma juíza, identificada como Elaine Cavalcanti.

Publicidade
Publicidade

Durante o tempo de sua condenação, o empresário vai ter que ajudar uma comunidade carente com os seus serviços.

Ex de Luiza Brunet é condenado a um ano de prisão em regime aberto por agressão à modelo

O caso foi julgado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e corre em segredo de justiça. A entidade disse que não poderia comentar o resultado da sentença. O G1 procurou um dos advogados de Lírio. O profissional identificado como Celso Vilardi disse que iria recorrer da decisão, mas que ainda não tinha sido informado oficialmente sobre o veredito da juíza.

Muitos internautas comentaram a decisão. Alguns fizeram verdadeiras teorias da conspiração, enquanto outros lembraram que o caso foi investigado. "Acho que as pessoas deveriam ser mais razoáveis. Ninguém estava lá, é tudo achismo. Porém, a justiça investigou, processou e condenou o cara.

Publicidade

Isso me diz que culpa ele tem", disse um deles ao usar uma rede social. Outro foi além e defendeu Brunet. "As pessoas ficam inventando teorias da conspiração, mas se parece coelho, pula igual coelho, o provável é que seja um coelho", escreveu.

Luiza Brunet agradece solidariedade após ex ser condenado a prisão: 'Fiquei ao lado da verdade'

Em uma nota divulgada à imprensa, a modelo, que fez sucesso ao lado da apresentadora Xuxa, comentou a decisão. Ela diz que aprendeu nos últimos meses mais noção sobre a solidariedade e destacou que, após revelar que foi agredida, recebeu o apoio dos mais diversos tipos de pessoas. Por isso, ela, nesse momento importante, dizia que sua gratidão era imensa. A modelo revela que não fez nada para se expor, mas sim para lutar contra um #Crime, uma violência, que ficou marcada em sua pele.

A nota divulgada pela assessoria à imprensa foi compartilhada em uma página do Instagram. Luiza Brunet disse que no passado teve medo e vergonha de tudo o que aconteceu, mas que agora estava ainda mais forte para combater um mal na nossa sociedade, a violência contra a mulher. "Dei um importante passo, tive coragem para mudar e sempre fiquei ao lado da verdade”, revelou em uma rede social.

Deixe o seu comentário. #Famosos