Marcelo Rezende vem enfrentando um drama que tem sensibilizado a todos. Aos 65 anos de idade, o apresentador luta contra o câncer. De acordo uma pessoa bem próxima do apresentador, ele desistiu de fazer quimioterapia para optar por outro tipo de procedimento. Este método consiste em um tratamento alternativo que tem como base principal a alimentação.

Segundo esta mesma pessoa, Rezende tem se mostrado animado com o tratamento que foi propagado aqui no país por Lair Ribeiro, que é cardiologista, nutrólogo e escritor de livros de autoajuda.

O tratamento tem por objetivo matar as células #cancerígenas de fome, com uma alimentação sem carboidratos que reduz a glicose, pois, segundo Lair Ribeiro, as células cancerígenas se interessam apenas por açúcares e retirando esses alimentos que aumentam a glicose, possibilitaria uma regressão dos tumores.

Publicidade
Publicidade

Rezende divulga vídeo durante viagem neste final de semana

No domingo (11), o jornalista fez uma viagem e fez um vídeo dizendo que estava indo para um lugar em que está a cura. Disse que prefere cuidar do lado espiritual, em vez de se preocupar apenas com o corpo físico. Ele declarou que “Deus é quem guia sua vida, e que ele é quem pode lhe curar”. Aparentemente, ele emagreceu e está abatido.

No mês passado, Rezende postou um vídeo ao lado do amigo e apresentador Geraldo Luís e de sua filha Patrícia Andriessen, que reside em Holanda. Ela veio para o Brasil para ficar do lado do pai. No vídeo, Rezende disse que estava iniciando uma procura pela cura espiritual. Ele agradeceu as orações de todos, e afirmou que isso o deixa mais forte para continuar lutando.

O apresentador Geraldo Luís publicou uma foto há cinco dias, de um livro intitulado “Anticâncer – Prevenir e Vencer Usando Nossas Defesas Naturais”.

Publicidade

O livro, que foi escrito por um médico francês chamado David Servan-Schrelber, conta o próprio relato do autor que teve câncer no cérebro. Ele fez tratamento de químio e radioterapia que regrediu o tumor, porém, a doença havia voltado, e, devido a isso ele optou por tratamentos alternativos que sugeriam a mudança na alimentação. Segundo este escritor, é recomendável adotar o tratamento alternativo, mas sem deixar de fazer a químio.

De acordo com o médico e oncologista Lucas dos Santos, o câncer no pâncreas pode ser considerado um dos mais agressivos, e há dificuldade em diagnosticar inicialmente a doença. Esse médico afirma que a chance de sobreviver a esse tipo de câncer é bastante pequena, porém #Marcelo Rezende tem enfatizado sua fé e acredita que vai dar tudo certo.